Clonidina e HGH

O Cloridato de Clonidina é um alfa2 agonista seu nome comercial ATENSINA é um medicamento dstinado ao tratamento da hipertensão arterial (pressão alta) e deve ser tomado de acordo com a prescrição médica. Ele atua essencialmente sobre o sistema nervoso central, reduzindo o fluxo adrenérgico para o sistema cardiocirculatório, diminuindo assim a resistência vascular periférica e determinando uma redução da pressão
 arterial. Ocorre também uma diminuição da resistência vascular renal; entretanto, o fluxo hemático renal e o índice de filtração glomerular se mantêm praticamente inalterados.Na maioria dos pacientes tratados com clonidina, observou-se ainda uma diminuição da frequência do pulso, sem alterar, contudo, a resposta hemodinâmica normal ao exercício.A farmacocinética da clonidina é proporcional às doses, dentro dos limites de 100-600 mcg. A clonidina é bem absorvida e não existe efeito de primeira passagem hepática.A distribuição nos tecidos é rápida e ampla e a substância atravessa as barreiras hematoencefálica e placentária. Sua fixação às proteínas plasmáticas é de 30-40%. A meia-vida plasmática é de aproximadamente 13 horas, podendo oscilar entre 10 e 20 horas, independente de sexo ou raça do paciente. Porém, pode ser prolongada até 41 horas se os pacientes apresentarem deterioração grave da função renal. Cerca de 70% da dose administrada é excretada pela urina, principalmente na forma de fármaco inalterado (40-60% da dose). O seu metabólito principal, p-hidroxiclonidina, é farmacológicamente inativo. Aproximadamente 20% da quantidade total é excretada pelas fezes. O efeito anti-hipertensivo se consegue com concentrações plasmáticas entre 0,2 e 1,5 ng/ml em pacientes com função excretora normal. Um aumento nos níveis plasmáticos não melhora o efeito anti-hipertensivo.
O que vem atraindo vários atletas para utilização deste medicamento como coadjuvante na melhora da performance além de ele agir como um hipotensivo regulando a PA durante os ciclos de esteróides, vários estudos científicos quem comprovando o efeito deste sobre o aumento do sistema basal sobre o HGH (hormonio de crescimento) que varia desde 4ng/ml até 9ng/ml a 12,9ng/ml ou seja chegando a triplicar a produção endógena deste hormonio.
Abaixo gráficos de estudos realizados e a respostas recebidas após a administração da clonidina, em pessoas com deficiencia deste hormonio em itabaianinha.



Nenhum medicamento é seguro portanto antes da administração de qualquer medicamento procure um medico compentente, só ele poderá te indicar a dose correta de acordo com o seu caso, e sem contar alguns efeitos adversos que pode ocorrer com o uso deste medicamento entre ele, boca seca, baixa PA entre outros, portanto se você ja apresenta pressão baixa melhor ficar longe deste medicamento.
"A clonidina, quando usada em excesso, pode causar queda na pressão arterial, um aumento na freqüência cardíaca, sonolência, tontura e, se utilizada em quantidade muito excessiva, até a morte".
Agredecimentos a colaboração:
Prof. Lauro Britto


Nenhum comentário: