Shogun enfrenta Thiago Silva e deve se juntar a Aldo e Minotauro no UFC 149

O presidente do UFC, Dana White, foi questionado pelo Twitter sobre qual seria o próximo adversário do ex-campeão dos meio-pesados Maurício Shogun Rua. Sua resposta foi simples e direta: “Thiago Silva”.
Dana não confirmou data nem local para o combate, mas o site MMA Junkie publicou que os dois lutadores concordaram em se enfrentar no UFC 149, que acontece no dia 21 de julho em Calgary, no Canadá.
No mesmo evento, o campeão dos penas José Aldo põe seu cinturão em jogo contra o norte-americano Erik Koch, e o brasileiro Rodrigo Minotauro volta aos ringues contra o francês Cheick Kongo sete meses depois de fraturar o braço na derrota para Frank Mir.
Dono de um cartel de 14 vitórias e três derrotas, o paulista Thiago Silva ficou 15 meses afastado devido à falsificação de um teste antidoping, e voltou com derrota no último dia 14 de abril para o sueco Alexander Gustafsson.
Shogun também vem de derrota: o curitibano fez a “luta do ano” em 2011 contra Dan Henderson e perdeu por pontos após cinco duros rounds no UFC 139 de novembro. Lenda do Pride, o curitibano tem 20 vitórias e seis derrotas no cartel, mas no UFC seu retrospecto não é tão bom: são quatro vitórias em oito lutas no principal evento do MMA.







Sensação cubana assina com UFC e já fala em tirar cinturão dos médios de Anderson Silva

Esperado no maior evento de MMA do mundo há alguns anos, o cubano Hector Lombard finalmente assinou com o UFC. Dono cinturão dos médios do Bellator, o lutador de 34 anos era um dos principais nomes do esporte fora do Ultimate e acertou com o torneio na última semana. E seus planos não são pequenos.
Com um cartel impressionante de 31vitórias – sendo 17 por nocaute e sete por finalização – e apenas duas derrotas, além de estar invicto há 25 combates em seis anos, Lombardi chegou confiante e tem como meta o cinturão dos médios, que é do brasileiro Anderson Silva.
“Eu sempre quis lutar no UFC. Quero ser o campeão dos médios e quero enfrentar o Anderson Silva, por quem eu tenho muito respeito. Seria uma honra e um sonho poder mostrar minha capacidade contra ele. Eu não estaría no UFC se não achasse que posso ser campeão”, explicou.
Depois de representar Cuba lutando judô nos Jogos Olímpicos de 2000, em Sydney, ele acabou desertando da delegação do país e seguiu na Austrália, onde se naturalizou e iniciou sua carreira no MMA. Atualmente, mora nos Estados Unidos e treina com a famosa equipe American Top Team.




“Estou no UFC para provar que sou o melhor do mundo. Tenho muito orgulho de minhas raízes e de representar o povo cubano por todo a mundo quando lutar no UFC. Assim como quando participei dos Jogos Olímpicos em 2000”, completou Hector Lombardi.



UFC não cumpre mais uma promessa com Brasil e José Aldo defenderá cinturão no Canadá

Parece que está virando rotina e mais uma vez os fãs brasileiros de MMA não vão ver algo que foi prometido pelo presidente do UFC, Dana White: o peso pena José Aldo não vai mais defender seu cinturão por aqui. A luta contra Erik Koch acontecerá no Canadá, em 21 de julho.
No mesmo dia em que anunciou a saída do país da esperada revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen, luta que tinha sido anunciada para o Rio de Janeiro, Dana White disse que Aldo defenderia novamente seu cinturão em solo brasileiro, no UFC 147. Menos que uma semana depois de o dirigente ter dito isso, foi anunciado que ele estará na edição 149.
Quem deu em primeira mão essa notícia foi a colega Ana Hissa, no site Sportv.com, e nos dias seguintes, todos os principais sites de MMA dos Estados Unidos confirmaram essa informação.
Vamos explicar esse vai e volta.
Inicialmente, já estava marcado que Aldo lutaria na cidade canadense de Calgary no UFC 149. Mas vendo o card do 147 esvaziado com a saída de Anderson x Sonnen, Dana disse queo  levaria para lutar no Brasil. Só que após dar esperança aos brasileiros, a luta do brasileiro voltou para o Canadá.
O adversário do brasileiro ainda não está oficializado, mas como blogo contou essa semana (Veja noticia abaixo), essa disputa de cinturão deve cair no colo do jovem norte-americano Erik Koch, depois de os outros possíveis candidatos ao título já terem lutas marcadas.


 SEM OPÇÕES, ERIK KOCH DEVE SER RIVAL DE JOSÉ ALDO EM DISPUTA DE TITULO NO UFC 147 NO BRASIL

Sonnen cria seu próprio cartaz para o UFC 148, com Spider como desafiante

Falastrão americano aparece com cinturão no ombro e os dizeres: 'O verdadeiro campeão dos médios faz sua terceira defesa de título seguida...

 

 

Wolverine bate Vina e garante vitória do Time Belfort nas quartas de final

Com cinco triunfos em cinco lutas e apenas três combates restando, equipe verde não tem mais como ser alcançada pelo conjunto de Wanderlei Silva


Mais um domingo, mais uma vitória do Time Belfort. O peso-pena Hugo Wolverine continuou o domínio da equipe verde no "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões" no sexto episódio da série, ao derrotar Marcus Vinícius Vina por decisão unânime neste domingo. Foi o quinto triunfo da equipe de Vitor Belfort em cinco lutas e a terceira entre os pesos-penas. Agora, mesmo que vença as três lutas restantes nas quartas de final, o conjunto de Wanderlei Silva não terá como empatar o placar nesta fase.
O baiano Wolverine se juntou a Rodrigo Damm e Alexandre Pepey nas semifinais do torneio da categoria pena. Rony Jason, do time azul, e Anistávio Gasparzinho, do time verde, disputam a última vaga na divisão.

Mirko cro cop & fabricio werdum treinando juntos








Assista  o vídeo disponibilizado no Youtube do lendário croata do Pride Mirko Cro Cop treinando com o brasileiro peso-pesado do UFC e especialista em Jiu-Jitsu, Fabricio Werdum.




UFC – Ultimate Fighting ChampionshipO Ultimate Fighting Championship (UFC) é a maior organização de artes marciais mistas do mundode origem brasileira atualmente comandada pela Zuffa Entertainment e presidido pelo estadunidense Dana White. Lutadores desse esporte praticam diferentes artes marciais, tais como jiu-jítsu, boxe, luta livre olímpica, boxe tailandês, boxe chinês, caratê, entre outras.

O Ultimate Fighting Championship (UFC) é a maior organização de artes marciais mistas do mundode origem brasileira atualmente comandada pela Zuffa Entertainment e presidido pelo estadunidense Dana White. Lutadores desse esporte praticam diferentes artes marciais, tais como jiu-jítsu, boxe, luta livre olímpica, boxe tailandês, boxe chinês, caratê, entre outras.
Os primeiros eventos foram torneios com oito ou dezesseis lutadores, promovidos pela organização de entretenimento Grupo Semaphore em associação com a Wow Promotions (liderada por Art Davie e Rorion Gracie), com o intuito de descobrir o melhor lutador do mundo, não importando o estilo de artes marciais praticado. Os competidores tinham que ganhar três lutas para se sagrarem campeões do Ultimate Fighting Championship. O primeiro evento, realizado em 1993, foi ganho pelo brasileiro Royce Gracie.
Por possuir poucas regras (no primeiro Ultimate só não era permitido morder ou colocar os dedos nos olhos do oponente), o Ultimate era conhecido como “luta de ringue sem restrições” (no holds barred fighting), sendo, ocasionalmente, brutal e violento, despertando muitas críticas.
Desde sua primeira edição, os eventos ocorrem em ringues com forma de octógono, fechado por uma grade. Nunca se registrou morte

Decadência e Reorganização

O Ultimate se tornou um sucesso da televisão na modalidade pay-per-view. A natureza do esporte logo chamou a atenção das autoridades e eventos do Ultimate foram banidos de diversos estados americanos. Após repetidas críticas e diversos protestos feitos pelo senador republicano do Arizona, John McCain, o Ultimate saiu dos principais pay-per-views. O Ultimate continuou a ser exibido no pay-per-view da DirecTV, porém com audiência bem menor.
Por essas pressões políticas que levaram à sua decadência, o Ultimate se reformulou. De forma lenta, foram sendo criadas mais regras limitando a violência do esporte, sob a supervisão de comissões atléticas, visando ao aumento da aceitabilidade social do Ultimate. Deixando de lado o slogan “não há regras” (there are no rules) e criando a denominação “artes marciais mistas” (mixed martial arts), o Ultimate ressurgiu de seu isolamento para se tornar mais socialmente aceitável, recuperando sua posição na televisão a cabo. Continuando a trabalhar com as comissões atléticas que controlavam a modalidade, eventos passaram a serem realizados em lugares menores como Iowa, Mississippi, Louisiana, Wyoming e Alabama. O Grupo Semaphore não conseguiu realizar vídeos do Ultimate 23 ao Ultimate 29. Junto com outros eventos nas seções americanas, o Ultimate conseguiu o primeiro evento sancionado de artes marciais mistas no dia 30 de setembro de 2000, em Nova Jersey.

Bellator

Bellator Fighting Championships, mais conhecido como Bellator, é uma organização de artes maciais mistas (MMA) localizado nos Estados Unidos. “Bellator” é uma palavra em latim, cujo significado é “Guerreiro”.
Em sua primeira temporada, Bellator transmitiu suas lutas nos Estados Unidos através de um acordo exclusivo com a emissora ESPN Deportes. As suas lutas também são transmitidas a vários países ao redor do mundo
através de acordos com várias outras emissoras. Devido ao sucesso alcançado na primeira temporada, Bellator teve sua segunda temporada no dia 8 de abril de 2010 com audiência maior do que a primeira temporada, com transmissão da NBC, FOX Sports, Telemundo, Mun2 e The Score. Em dezembro de

Chael Sonnen quer luta com Vitor Belfort e menospreza Wanderlei Silva

Não bastou ter vindo ao Brasil na manhã de ontem, encarar Anderson Silva, falar que quando criança conversava sobre tecnologia enquanto brasileiros brincavam na lama, e ‘roncar’ enquanto Spider o criticava.
No domingo, Vitor Belfort fez em chat no Twitter um ‘desafio indireto’ ao americano, afirmando crer que Anderson dará conta do recado no evento marcado para o dia 7 de julho em Las Vegas.


“Eu enfrentaria Chael a qualquer hora e qualquer dia por muitas razões. Mas sei que Silva vai arrebentar com ele”

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE JIU-JITSU: CAMPEONATO BRASILEIRO

C

DATA: O evento será dividido em 2 semanas:
1ª semana: 27, 28 e 29 de Abril
  • Pré-mirim, mirim, infantil e infanto juvenil, masculino e feminino
  • Faixas azul e roxa juvenil 1 e 2, masculino e feminino
  • Faixas azul e roxa master e seniors, masculino e feminino
  • Faixas azul e roxa adulto, masculino e feminino
  • Faixas branca adulto, masculino e feminino (Campeonato Brasileiro de Estreantes)
2ª semana: 05 e 06 Maio (faixas marrom e preta)
  • Faixas marrom e preta adulto, master e seniors, masculino e feminino

Jungle Fight

Jungle Fight (JF) é um evento de artes marciais misturadas (MMA) brasileiro. Foi criado em 2003. O nome é alusivo a sua origem, no estado do Amazonas (à selva amazônica).
Foi criado em 2003 e seu primeiro evento foi em Manaus, Amazonas. Em 2006 chegou a ter um evento na Eslovênia. Não houve disputas em 2007, porém em 2008 começou uma série de eventos na cidade do Rio de Janeiro. O Jungle Fight hoje é o maior evento de MMA da América


Strikeforce


Strikeforce é uma organização norte-americana de artes marciais mistas (MMA) e kickboxing com sede em San José, California. No Brasil não é transmitido ao vivo, só reprises pelo canal pago Space. A transmissão fica a cargo do apresentador Leo Rossi e dos comentaristas Washington Poppi e Diego Spigolon.
Strikeforce foi fundado em 1985 como uma organização de kickboxing. Em 10 de março de 2006, foi realizado como evento de MMA pela primeira vez, no Strikeforce: Shamrock vs. Gracie, no HP Pavilion em São José. Foi o primeiro evento regulamentado de MMA na Califórnia e quebrou o recorde anterior de maior público em um evento de MMA nos Estados Unidos, anteriormente do UFC 57, com seus 18 265 presentes. O recorde foi quebrado pelo UFC 68 e K-1 Dynamite HERO’S! E.U.A., porém o Strikeforce: Shamrock vs. Gracie manteve o recorde de público pago com 17 465. No dia 12 de março de 2011, os organizadores do UFC anunciaram, através de Dana White, a compra da franquia concorrente. A operação resulta no encerramento da concorrência entre as duas franquias, garantindo o controle e monopólio mundial dos eventos de MMA para a Zuffa, detentora da marca UFC.
Apesar de rumores e expectativa do processo de fusão, Dana White anunciou que o Strikeforce continuará realizando seus eventos de forma independente, não existindo então previsão para lutas conjuntas, visto que ainda existem contratos comerciais em vigor que impedem mudanças radicais, no momento.




GAROTA FITNESS 2012 , LANINHA GARCIA TREINADA POR BRAULIO COLMANETTI NO SUPER POP



Laninha Garcia participou do evento do Garota Fitness Brasil 2012, mostrando uma grande evolução no seu físico se relacionado ao evento do ano passado na tua preparação ela conta com a orientação do Prof. Braulio Colmanetti estruturando teu treino, e ajustando tua alimentação e na pratica com o seu noivo e maior incentivador Amauri Demarzo. . confira sua entrevista para o programa SUPER POP

O GRANDÃO SE FERROU.... Overeem é suspenso do MMA por 9 meses

 

  O lutador peso-pesado Alistair Overeem, ex-campeão do Strikeforce e K-1, era cotado para enfrentar o campeão Junior Cigano dos Santos no dia 26 de maio, porém, foi constatado em um teste surpresa realizado pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, o nível de testosterona 14 vezes maior do que o normal, o que fez com que fosse impedido de lutar no UFC 146.

 O corte do atleta ao evento foi feito antes do julgamento oficial, realizado ontem, por conta do prazo curto segundo Dana White, que o substituiu por Frank Mir para disputar o cinturão dos pesos-pesados.

Ontem, Alistair foi a julgamento representado também por seus advogados e defendido por seu médico Hector Molina, não conseguiu convencer as autoridades responsáveis por seu julgamento em estender o prazo para novos argumentos de defesa. Com argumentos vagos e confusões realizadas pelo médico durante a descrição do medicamento receitado, virou motivo de chacota pela mídia especializada no Twitter.

Concurso Canal Combate

Tá a fim de ver o combate do Cigano lá em Las Vegas com tudo pago? Participe do concurso!

Participe do concurso cultural "Combate do Cigano em Las Vegas – EU VOU!". Você e um amigo podem assistir a luta do Cigano pela defesa do título dos pesados!


https://www.facebook.com/CanalCombate/app_342040385852786

Anderson Silva provoca, Sonnen ronca e finge dormir ....

Em uma coletiva de imprensa curta e marcada pela ironia do americano Chael Sonnen, o presidente do UFC, Dana White, confirmou nesta terça-feira, que a segunda luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontecerá do UFC 148, dia 7 de julho, em Las Vegas. A mudança da sede do UFC 147 também aconteceu, mas o evento ainda não tem um destino definido. Com a impossibilidade de realizar o torneio num estádio de futebol que pudesse quebrar o recorde de público da franquia, a luta principal da noite, passa a ser o duelo entre os treinadores do "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões", Vitor Belfort e Wanderlei Silva, ou uma eventual participação de José Aldo no torneio, que mantém a data de 23 de junho.
A coletiva começou com Dana White explicando que tinha uma boa e uma má notícias.
- A boa é que a luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontecerá, e a má é que não será no Brasil. Ainda não temos um local para o restante do evento, que terá as finais do TUF Brasil e a luta dos treinadores Vitor Belfort e Wanderlei Silva, mas certamente acontecerá no Brasil. Ainda estamos trabalhando para que José Aldo também esteja no torneio. Anderson ficou muito chateado por não lutar aqui. Conversamos muito e eu o convenci a lutar em Las Vegas, onde haverá hotel para todos que estiverem lá - alfinetou o dirigente.


Enquanto Spider criticava Sonnen por sua falta de respeito e o provocava por lutar wrestling, o americano passou a roncar na coletiva do UFC. Quer ficar sabendo tudo sobre o MMA.



Perguntado sobre o que achou da mudança do local da luta, o campeão brasileiro não escondeu a decepção.
- Eu sou brasileiro, grato a tudo o que os meus fãs brasileiros me proporcionaram até agora. Não estou feliz por a luta não ser realizada no Brasil, mas não tenho fãs somente no Brasil. Vou fazer meu trabalho onde quer que seja. Houve uma aliança que o UFC fez com uma companhia que não foi suficientemente profissional para entender o tamanho do evento. Para mim é indiferente. Sou lutador. Meu primeiro título mundial foi no Japão, contra o Sakurai e havia dois mil japoness torcendo contra. Mas quando se está lá em cima, é tudo diferente. Eu sei exatamente como é. Quem luta no UFC é bom, tem qualidade, porque é o maior evento de MMA do planeta. Mas não acho nada sobre o Sonnen. Lá em casa tem um pé de acho, mas nunca dá nada. Chael Sonnen também não fez questão de ser simpático, e destilou toda sua ironia sobre a fama de Anderson Silva como o melhor lutador do mundo.



- Não tenho nada contra os brasileiros, e sim contra alguém sentado a poucos metros de mim. As suas mulheres são ótimas comigo. Fiquem à vontade para me ligarem e me fazerem uma visita. Minha impressão sobre o Brasil é muito parecida com as que eu tenho dos EUA. Quando eu era criança, me lembro de conversar com meus amigos. Nós falávamos sobre as últimas novidades da tecnologia, medicina, jogos e da ingenuidade americana. Eu olhava para fora e via Anderson e as crianças brasileiras brincando na lama. Anderson Silva fica tão perto das árvores que não consegue enxergar a floresta. Acho embaraçoso que ele sente ali, na frente da TV, com um cinturão falso fingindo que é campeão. Ele fala do seu legado. Conquistou o cinturão contra o "grande" Chris Leben, defendeu seu cinturão contra o "fenomenal" Patrick Coté e deu show diante do "fortíssimo" Thales Leites. Que legado! Ele diz que eu desrespeitei sua família. Sim, eu fiz isso. E o que você vai fazer a respeito? Use a escola Ed Soares de desculpas para dizer o que terá dado errado quando eu o surrar para todo o mundo assistir. É isso o que acontecerá no dia 7 de julho.
Questionado sobre o fato de as suas lutas sempre serem apontadas como as melhores lutas do mundo muito mais por sua habilidade do que as dos seus oponentes, Anderson desabafou.
- Até que enfim uma pergunta inteligente! Quando comecei a treinar artes marciais, eu aprendi o que era respeito. Sonnen não sabe o que é arte marcial. Ele é wrestler, não sabe o que é respeito às pessoas. Tem gente que diz que ele está promovendo a luta, mas ele desrespeitou meu país, minha família e o público. Alguns não tem conhecimento de causa, e acham isso o máximo. Ele fez de tudo nos cinco rounds, mas não fez o principal, que é vencer - disse Anderson Silva, enquanto Sonnen fingia roncar de tédio.
No fim da coletiva, os dois lutadores posaram para os fotógrafos, e Anderson Silva fez questão de não olhar nos olhos de Sonnen. Depois, quando posou com o cinturão, o americano fez menção de pegá-lo, como se fosse seu, e Anderson não esboçou nenhuma reação.
- Não sei se Chael é o vilão ou é doido. Ele fala o que vem à cabeça, mas ele banca tudo o que ele diz. Ele foi o único a chegar perto de vencer Anderson Silva desde que ele chegou ao UFC. Isso é um fato. Anderson é o melhor lutador peso por peso do mundo, e talvez da história. Me perguntam como posso dizer que Jon Jones não é o melhor. Não digo porque ele não é. O melhor é Anderson Silva - disse Dana White. 
Na última pergunta feita a Chael Sonnen, o americano aproveitou para debochar dos irmãos Nogueira e fazer propaganda do seu livro. Mostrando um disfarce com óculos, bigode e nariz postiços, o desafiante mais uma vez destilou toda sua ironia.
- Eu comprei isso só pra entrar nesse país. Quando coloquei no meu rosto, todo mundo achou que eu era o (Minotauro) Nogueira. Isso aconteceu de verdade. Eu achei que era um grande nariz, óculos, que me fariam parecer com Frankestein. Mas para aqueles que querem me conhecer melhor e saber mais sobre mim, meu livro já está à venda. Se chama "A voz da razão". Obrigado - finalizou.
Dana White também explicou a razão de ter escolhido Las Vegas como sede da luta, que ele considera o maior evento esportivo do ano.
- Las Vegas é um lugar no qual as pessoas apostam, comem, saem, se divertem. Se não fosse no Brasil, seria em Vegas. A data da luta é seguinte ao feriado de 4 de julho, o maior dos Estados Unidos. E vejam bem: Manny Pacquiao é imenso nas Filipinas, mas nunca lutou lá. Ele luta em Las Vegas. Há tudo que se pode fazer por lá. Será um feriado gigante, e se vocês pararem para pensar, faz todo o sentido realizar essa luta lá.

Entenda o caso
A intenção do UFC era fazer a revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen num grande estádio de futebol no Brasil, para quebrar o recorde de público da companhia, 55 mil pessoas, marcado em 30 de abril de 2011, no UFC 129, em Toronto, Canadá. O plano inicial era realizar o evento em São Paulo, mas problemas burocráticos impediram que as duas opções do Ultimate, Morumbi e Pacaembu, fossem utilizadas. Em março, o Engenhão foi anunciado como sede do UFC 147, marcado para 23 de junho.
Home de Combate: confira as últimas notícias do mundo do MMA
White alegou, entretanto, que a falta de estrutura do Rio de Janeiro em suportar dois grandes eventos ao mesmo tempo foi o principal motivo para a mudança. Entre os dias 20 e 22 de junho, a cidade sediará a Rio +20, conferência de desenvolvimento da ONU, que vai receber cerca de 100 chefes de estados e suas comitivas. O UFC teve dificuldades de encontrar hotéis para abrigar lutadores, funcionários e a imprensa internacional.
Sem a possibilidade de quebra de recorde de público no Brasil, a organização optou por levar a revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen para os EUA, como luta principal do UFC 148, card especial de comemoração do feriado do Dia da Independência Americana, em Las Vegas. O duelo entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva - outra desforra, de uma luta realizada na primeira visita do Ultimate ao país, em 1998, vencida por Belfort - passa a ser forte candidato ao evento principal do UFC 147, que terá ainda as decisões dos torneios de pesos-penas e pesos-médios do TUF Brasil, e a possibilidade de contar com o campeão dos pesos-penas, José Aldo, ainda sem adversário definido.


Coluna em O Globo: Como Dana White convenceu Anderson a lutar nos EUA

                                                                                                                      

Anderson Silva não bateu de frente com o patrão Dana White, mas bateu de lado. O poderoso-chefão do UFC demorou 1h15 minutos para convencê-lo a lutar contra Chael Sonnen em Las Vegas em vez do Rio de Janeiro. Esse foi o motivo do atraso na coletiva de imprensa promovida ontem em um hotel da Barra da Tijuca.

A conversa foi calorosa. No início Anderson bateu o pé no chão e se recusou a trocar o local da revanche do século. Anos atrás o brasileiro detentor do cinturão dos médios (84kg) derrotou Sonnen em um combate épico. O novo confronto entre eles estava programado para o estádio do Engenhão, no Rio. Com lotação máxima de 70 mil pessoas seria o show de maior público na história do UFC. Mas como a data da luta coincidiria com grandes eventos internacionais que acontecem no Rio, Dana White alegou que a cidade não teria estrutura para comportar o UFC. Faltariam hotéis. - disse.

GLADIADOR...MOTIVAÇÃO...






Esse vídeo trata de Motivação, um processo responsável pela intensidade, direção, e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de uma determinada meta/objetivo.

Ela é baseada em emoções, especificamente, pela busca por experiências emocionais positivas e por evitar as negativas, onde positivo e negativo são definidos pelo estado individual do cérebro, e não por normas sociais: uma pessoa pode ser direcionada até à auto-mutilação ou à violência caso o seu cérebro esteja condicionado a criar uma reação positiva a essas ações.

O guerreiro está de volta!

Dana White confirma: Minotauro encara Cheick Kongo no UFC 149

Recuperado de uma cirurgia no úmero do braço direito, peso-pesado brasileiro retorna ao octógono do Ultimate no dia 21 de julho, no Canadá.....

 

A espera acabou para Rodrigo Minotauro. O lutador brasileiro já sabe qual será seu próximo desafio dentro do octógono do Ultimate. Através de seu Twitter pessoal, o presidente do UFC, Dana White, confirmou que o peso-pesado encara o lutador francês Cheick Kongo no UFC 149, dia 21 de julho, em Calgary, no Canadá.
- UFC 149. 21 de julho, em Calgary. Luta entre os pesos-pesados Cheick Kongo e Minotauro Nogueira - postou White, na madrugada desta quarta-feira.

 

25/04/2012 08h25 - Atualizado em 25/04/2012 08h52

Dana White confirma: Minotauro encara Cheick Kongo no UFC 149

Recuperado de uma cirurgia no úmero do braço direito, peso-pesado brasileiro retorna ao octógono do Ultimate no dia 21 de julho, no Canadá

Por SporTV.com Rio de Janeiro
6 comentários
A espera acabou para Rodrigo Minotauro. O lutador brasileiro já sabe qual será seu próximo desafio dentro do octógono do Ultimate. Através de seu Twitter pessoal, o presidente do UFC, Dana White, confirmou que o peso-pesado encara o lutador francês Cheick Kongo no UFC 149, dia 21 de julho, em Calgary, no Canadá.
- UFC 149. 21 de julho, em Calgary. Luta entre os pesos-pesados Cheick Kongo e Minotauro Nogueira - postou White, na madrugada desta quarta-feira.
Rodrigo MINOTAURO e do Cheick Kongo, UFC (Foto: Getty Images)
O lutador francês Cheick Kongo é o novo desafio de Rodrigo Minotauro no UFC (Foto: Getty Images)

Overeem diz que ingeriu testosterona sem saber e culpa médico por doping

Alistair Overeem finalmente se explicou sobre a polêmica mais recente do MMA. O lutador holandês, que foi retirado do UFC 146 por ter sido pego no antidoping e não enfrentará mais Junior Cigano pelo cinturão peso-pesado, admitiu que ingeriu testosterona combinada a um antiinflamatório para curar uma lesão na costela. No entanto, alegou que não sabia da existência da substância no medicamento e culpou o médico que lhe deu a receita.
Home do Combate: leia mais notícias
e saiba tudo sobre o mundo do MMA

O exame antidoping surpresa, realizado pelo atleta e por outros cinco que estão no card de 26 de maio após a primeira entrevista coletiva do evento, no fim do mês passado, acusou em Overeem uma taxa de testosterona muito acima do normal. O nível de epitestosterona (agente mascarante e também metabólico biológico da testosterona) encontrado na amostra de urina dele era 14 vezes superior ao encontrado em um ser humano comum.

UFC 147


24/04/2012 12h31 - Atualizado em 24/04/2012 14h39

Silva x Sonnen vai para os EUA e UFC 147 ainda não tem local definido

Dana White levanta a possibilidade de José Aldo fazer parte do card principal do UFC 147. Chael Sonnen provoca Anderson e os brasileiros


Em uma coletiva de imprensa curta e marcada pela ironia do americano Chael Sonnen, o presidente do UFC, Dana White, confirmou nesta terça-feira, que a segunda luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontecerá do UFC 148, dia 7 de julho, em Las Vegas. A mudança da sede do UFC 147 também aconteceu, mas o evento ainda não tem um destino definido. Com a impossibilidade de realizar o torneio num estádio de futebol que pudesse quebrar o recorde de público da franquia, a luta principal da noite, passa a ser o duelo entre os treinadores do "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões", Vitor Belfort e Wanderlei Silva, ou uma eventual participação de José Aldo no torneio, que mantém a data de 23 de junho.
Coletiva, Anderson Silva x Sonnen, UFC (Foto: Alexandre Durão / Globoesporte.com)
Anderson Silva e Chael Sonnen na coletiva do UFC, no Rio (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
A coletiva começou com Dana White explicando que tinha uma boa e uma má notícias.
- A boa é que a luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen acontecerá, e a má é que não será no Brasil. Ainda não temos um local para o restante do evento, que terá as finais do TUF Brasil e a luta dos

UFC 146

Cigano diz que vai mudar treinos para enfrentar Mir, mas quer nocaute

 

Com cerca de cinco semanas restando para o UFC 146, o Ultimate mudou o adversário do brasileiro Junior Cigano no evento principal da noite, substituindo Alistair Overeem por Frank Mir. O atual campeão dos pesos-pesados admitiu que a troca de oponentes também vai forçar alterações no seu regime de treinos para a luta, já que Mir tem características bem diferentes de Overeem.
Enquanto Alistair Overeem é conhecido por sua qualidade no muay thai e foi campeão mundial de kickboxing, Frank Mir tem qualidade na trocação, mas é menor que o holandês e tem como sua principal característica a proficiência no chão, onde é faixa preta de jiu-jítsu. Cigano deixou claro que vai atentar para essas características, mas que a estratégia segue a mesma: nocautear.
- Tenho que mudar muito no meu camp, porque Frank Mir é canhoto e é um faixa preta de jiu-jítsu, mas é isso. Sou um lutador e vou sempre procurar pelo nocaute, não importa quem for meu adversário - afirmou o brasileiro em depoimento em vídeo gravado pelo UFC e publicado no site "Youtube" neste domingo.
Cigano ainda parabenizou a escolha de Mir para substituir Overeem, anunciada na noite da última sexta-feira.
- Acho que é uma boa para mim. Se tinha alguém pra substituir Overeem, era o Frank Mir - disse.
A luta entre Cigano e Mir acontece em 26 de maio, no UFC 146, em Las Vegas. A companhia anunciou outra mudança no card do evento neste domingo: o brasileiro Antônio Pezão vai enfrentar o americano Cain Velásquez na penúltima luta da noite, substituindo Mir, que era seu adversário original. Com a nova alteração, Roy Nelson está sem oponente.

22/04/2012 20h50 - Atualizado em 22/04/2012 20h55

Cigano diz que vai mudar treinos para enfrentar Mir, mas quer nocaute

Campeão dos pesos-pesados aprova substituto de Overeem no UFC 146

Por SporTV.com Salvador, BA
8 comentários
Junior Cigano Luiz Dorea mma (Foto: Reprodução/Twitter)Junior Cigano com seu treinador, Luiz Dórea
(Foto: Reprodução/Twitter)
Com cerca de cinco semanas restando para o UFC 146, o Ultimate mudou o adversário do brasileiro Junior Cigano no evento principal da noite, substituindo Alistair Overeem por Frank Mir. O atual campeão dos pesos-pesados admitiu que a troca de oponentes também vai forçar alterações no seu regime de treinos para a luta, já que Mir tem características bem diferentes de Overeem.
Enquanto Alistair Overeem é conhecido por sua qualidade no muay thai e foi campeão mundial de kickboxing, Frank Mir tem qualidade na trocação, mas é menor que o holandês e tem como sua principal característica a proficiência no chão, onde é faixa preta de jiu-jítsu. Cigano deixou claro que vai atentar para essas características, mas que a estratégia segue a mesma: nocautear.
saiba mais

NOVA CAMISETA IRON MUSCLES - EDIÇÃO LIMITADA

Nova camiseta IRON MUSCLES ... edição limitada somente por encomenda... olha só como ficara as costas (Regata e de Manga) valor R$40,00... encomende a sua apenas esta semana!!!