Após busca assídua por finalização, Toquinho é nocauteado por Belcher

Brasileiro não obtém sucesso em sua marca registrada, é surpreendido pelo adversário e tem interrompida ótima sequência de três triunfos consecutivos.

 

Seria a 11ª vitória de Toquinho por finalização. Seria... Desta vez, o brasileiro craque do jiu-jítsu encontrou pela frente um americano que se defendeu muito bem no chão e conquistou o triunfo por nocaute técnico, aos 4m18s do primeiro round, após aplicar uma excelente sequência de socos certeiros. O duelo, válido pela categoria dos médios, foi o antepenúltimo do card do "UFC: Diaz x Miller", neste sábado, em Nova Jersey.
Foi a quarta derrota de Rousimar "Toquinho" Palhares, de 32 anos, que tem ainda 14 vitórias na carreira e vinha de uma sequência de três resultados positivos consecutivos. Belcher, de 28 anos, por sua vez, chegou ao 18º triunfo, o quarto seguido, contra seis reveses no cartel.
A luta: 'blitz' e virada surpreendente
Depois de um primeiro minuto de estudo entre os lutadores, Toquinho partiu com tudo para cima e pegou a perna de Belcher para tentar a tradicional finalização, sua marca registrada. No entanto, os dois acabaram se embolando no chão e ficaram em uma posição esquisita, em que ninguém conseguiu aplicar golpes.
Em mais uma "blitz de jiu-jítsu", o brasileiro seguiu buscando a perna e levou Belcher ao desespero para sair da posição. Mas não contava com o que viria a seguir: o americano, surpreentemente, saiu da situação adversa, iniciou um poderoso ground-and-pound e castigou Toquinho, que não conseguiu se defender. O mineiro sentiu a sequência e, atordoado, viu o árbitro Dan Miragliotta encerrar o combate por nocaute técnico, ainda no primeiro assalto.


 Toquinho e Alan Belcher em posição 'estranha' no chão (Foto: Getty Images)

 

Nenhum comentário: