Após franca trocação, Igor Pokrajac vence Fabio Maldonado por decisão

Brasil encerra sua participação no 'UFC: Jung x Poirier' com duas vitórias e duas derrotas. Na opinião de Dana White, Maldonado foi o vencedor da luta.

 

 

Em uma luta movimentadíssima, o brasileiro Fabio Maldonado se apresentou bem, mas perdeu para o croata Igor Pokrajac por decisão unânime dos jurados. O duelo, válido pela categoria dos meio-pesados, foi marcado pela franca trocação durante os três rounds e pela opinião de Dana White, contrária ao resultado. Desta forma, o Brasil encerrou sua participação no "UFC: Jung x Poirier", na noite desta terça-feira, com duas vitórias (Johnny Eduardo e Rafael dos Anjos) e duas derrotas (Carlo Prater e Maldonado).
Foi a 25ª vitória na carreira de Pokrajac, de 33 anos, a quarta em sete lutas no UFC. Ele sofreu oito derrotas até hoje. Já Maldonado, uma ano mais novo, perdeu pela quinta vez, a segunda consecutiva no Ultimate. O atleta da Team Nogueira possui 18 triunfos no cartel.
A caminhada de Fabio Maldonado em direção ao octógono foi ao som da música-tema de Rocky Balboa. E o primeiro ato dele foi arriscar um direto, que passou no vácuo. Esperto, Pokrajac pegou as costas do brasileiro durante o movimento e conseguiu a queda. No chão, disparou bons socos e cotoveladas, dominando as ações na montada. O croata seguiu castigando o rival, até que Maldonado finalmente se levantou. Em pé, o companheiro de equipe de Minotauro se mostrou mais à vontade, inverteu a situação e encaixou uma série de diretos e cruzados no rosto do oponente, que sentiu o mau momento. Pokrajac foi para o clinch e acertou duas boas joelhadas.
No segundo round, Pokrajac começou mais agressivo na trocação e acertou três bons socos. Ele tentou a queda no single leg, mas Maldonado se defendeu bem. Os dois passaram a trocar golpes na linha de cintura, até que o croata encaixou outras duas joelhadas no rosto do brasileiro, que suportou bem e voltou a atacar no boxe. No clinch, Maldonado passou a aplicar ganchos, acertando a maioria. Mas Pokrajac também aguentou bem as pancadas e ainda acertou um soco rodado. No finzinho, o brasileiro se defendeu mais uma vez da queda e terminou o assalto por cima.
Mesmo cansado, Maldonado foi com tudo para o round decisivo, logo partindo para a trocação. Mas foi de novo atrapalhado pelas joelhadas de Pokrajac no clinch. Com cerca de dois minutos, o árbitro separou os atletas por causa da falta de movimentação. O croata disparou um direto certeiro no rosto e balançou o brasileiro. Maldonado encaixou dois jabs, mas foi acertado por um soco. Quando o público aplaudia de pé o combate, o gongo sinalizou o fim o terceiro assalto.
Na decisão dos jurados, Igor Pokrajac se sagrou vencedor por unanimidade (29-28, 30-27 e 29-28). Logo depois do anúncio, no entanto, o presidente do UFC, Dana White, escreveu no Twitter que, para ele, o triunfo havia sido de Fabio Maldonado por 29 a 28.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

 

Nenhum comentário: