Bisping se irrita por Lombard poder disputar título dos médios antes dele

Inglês diz que cubano enfrentou lutadores sem qualquer expressão, e não deveria ganhar a chance de ser campeão logo em sua segunda luta no UFC

 

O peso-médio Michael Bisping não escondeu a frustração com os rumores de que o cubano Hector Lombard, recém-contratado pelo UFC, ganharia a chance de disputar o título da categoria caso vencesse o americano Brian Stann no evento programado para o dia 4 de agosto, em Los Angeles. Segundo Bisping, Lombard, que veio do Strikeforce, não enfrentou lutadores de ponta e seu cartel não justifica a chance de enfrentar Anderson Silva ou Chael Sonnen pelo cinturão dos médios.
- Hector Lombard ganhar a chance de disputar o título, caso vença Brian Stann, me irritaria um pouco. Eu venho batalhando no UFC há seis anos, enfrentando os melhores lutadores do mundo, enquanto ele nocauteou lutadores que dividem seu tempo entre os torneios e seus empregos fora do octógono, lutadores que eu não faço ideia de quem são, de quem jamais ouvi falar. Eu venci alguns dos principais atletas do MMA, e venho lutando em alto nível, e de forma consistente, por seis anos. Agora Lombard chega com as credenciais de quem apagou o João da Padaria por aí e ganha a chance de disputar o cinturão?

                                      Bisping se diz frustrado por Lombard poder disputar
                                                                o título antes dele


Bisping acredita que o UFC não lhe dará a chance de ser campeão, e aponta as derrotas por decisão dos juízes como um indicativo.
- Às vezes acho que jamais ganharei a chance de lutar pelo título. Cada vez que eu me aproximo dela, com uma boa sequência de vitórias, eu perco lutas na decisão dos juízes que eu acho que venci. Mas isso é problema meu, não posso culpar meus adversários por isso. Tenho é que tentar derrotá-los, e é isso que estou fazendo. Agora vou lutar contra Tim Boetsch. Acho que estou no bolo, não saí da elite. Acredito de verdade que estou entre os melhores, e acho que faria uma boa luta contra Anderson Silva. Mas tudo bem, minha hora vai chegar.
O inglês relembrou a luta contra Chael Sonnen, em Chicago. Na sua opinião, ele poderia ter saído com a vitória.
- Já revi a luta contra Chael Sonnen diversas vezes, e em todas elas eu achei que venci. Mas não vou ficar aqui chorando e reclamando de nada. Foi uma luta equilibrada, eu acho que venci o primeiro e o segundo rounds, e ele com certeza venceu o terceiro. Acho que os juízes favorecem os "takedowns" na sua avalização. Mas na opinião geral das pessoas com quem conversei, eu ganhei aquela luta.


 

Nenhum comentário: