Com quatro lutadores, Brasil busca fim de jejum no UFC: Poirier x Jung

Johnny Eduardo, Rafael dos Anjos, Carlo Prater e Fábio Maldonado tentam acabar com 'seca' brasileira no Ultimate nesta terça-feira em Fairfax, EUA.

 

 

Esta terça-feira marca um jejum desconfortável para o país que deu origem ao MMA. Neste 15 de maio, o Brasil completa três meses sem uma vitória em torneios do UFC. Para acabar com a "seca", quatro representantes da pátria entram no octógono nesta terça, em Fairfax, nos EUA, como parte da programação do UFC: Jung x Poirier. O primeiro é o peso-galo Johnny Eduardo, que faz a segunda luta da noite, contra Jeff Curran. Em seguida, vêm os pesos-leves Rafael dos Anjos, que encara Kamal Shalorus, e Carlo Prater, que enfrenta TJ Grant. O último brasileiro em ação será o meio-pesado Fábio Maldonado, que luta no card principal contra Igor Pokrajac.
O canal Combate transmite o torneio ao vivo a partir de 18h30m (horário de Brasília). No mesmo horário, o SPORTV.COM inicia a narração dos lances em Tempo Real.


 
O evento de meio de semana é carente de grandes astros e destaca um embate entre dois pesos-penas em boas fases, Dustin Poirier e Chan Sung Jung. Os brasileiros devem ficar de olho no duelo, já que o vencedor tem grandes chances de ser o segundo da fila, depois de Erik Koch, a desafiar o cinturão do manauara José Aldo Jr. O americano Poirier tem cinco triunfos consecutivos, sendo quatro desde que passou a lutar na categoria até 65,8kg. Jung, conhecido popularmente como "Zumbi Coreano", venceu seus dois últimos adversários, incluindo um nocaute em apenas sete segundos contra o ex-desafiante nº 1 Mark Hominick.
Para o Brasil, porém, a grande atração é a busca pelo final do jejum de três meses sem vitórias. A última vez que um brasileiro teve o braço levantado dentro do octógono foi em outro evento de meio de semana, o UFC: Sanchez x Ellenberger, quando o peso-médio Ronny Markes derrotou Aaron Simpson. Desde então, foram seis lutas e seis derrotas em três torneios diferentes. Cada um dos quatro brasucas em ação nesta terça também tenta se recuperar de um revés pessoal.
Johnny Eduardo, o primeiro a entrar no octógono, fez apenas uma luta no Ultimate, em agosto passado, no UFC Rio, e perdeu por decisão unânime para o compatriota Raphael Assunção. Antes disso, porém, o carioca vinha de 11 vitórias consecutivas. Seu adversário, Jeff Curran, tem 33 vitórias, 14 derrotas e um empate no cartel, e vem de revés para Scott Jorgensen no UFC 137.
Por coincidência, Rafael dos Anjos, segundo brasileiro a lutar, também vem de uma derrota para um compatriota: Gleison Tibau, em decisão dividida no UFC 137. O peso-leve, que tem 15 trinfos e seis derrotas no MMA, terá pela frente o iraniano Kamal Shalorus, que vem de duas derrotas consecutivas. Ele tem sete vitórias, dois resultados negativos e dois empates.
Carlo Prater é o único brasileiro no card que não vem de derrota - embora tenha sido nocauteado em sua última luta. O brasiliense foi castigado por Erick Silva no UFC Rio 2, em janeiro, em luta que durou apenas 29s, mas foi declarado vencedor por desclassificação, já que o árbitro Mário Yamasaki determinou que Silva havia acertado golpes ilegais na nuca. Com isso, "Neo", como é apelidado, acumulou seu quinto triunfo seguido. O experiente lutador, que volta à sua categoria, a leve, após lutar como meio-médio, terá pela frente o canadense TJ Grant, que apesar de 17 triunfos e cinco derrotas no cartel, não vence duas lutas consecutivas desde 2009. Seu último combate foi contra Shane Roller, a quem venceu por finalização no UFC Live 6.
Por fim, Fábio Maldonado entra no octógono na segunda luta do card principal contra o croata Igor Pokrajac. Maldonado acumulou 11 vitórias até seu combate com Kyle Kingsbury no evento final da 13ª temporada do reality show The Ultimate Fighter, o qual perdeu por decisão unânime em julho do ano passado. Desde então, o paulista da Team Nogueira teve duas lutas canceladas por conta de lesões. Em Pokrajac, ele encontrará um adversário em boa fase, vindo de duas vitórias seguidas, a última delas por nocaute contra o polonês Krzysztof Soszynski no UFC 140, em dezembro de 2011. O croata tem 24 vitórias e oito derrotas no cartel.
 

Confira o card completo:
UFC: Poirier x Jung
15 de maio de 2012, em Fairfax (EUA)

CARD PRINCIPAL
Dustin Poirier x Chan Sung Jung
Jorge Lopez x Amir Sadollah
Donald Cerrone x Jeremy Stephens
Jeff Hougland x Yves Jabouin
Igor Pokrajac x Fábio Maldonado
Tom Lawlor x Jason MacDonald

CARD PRELIMINAR
Brad Tavares x Dongi Yang
Cody McKenzie x Marcus LeVesseur
TJ Grant x Carlo Prater
Rafael dos Anjos x Kamal Shalorus
Johnny Eduardo x Jeff Curran
Francisco Rivera x Alex Soto

Nenhum comentário: