Henderson: 'Rashad me surpreendeu por fazer o jogo que Jon Jones queria'

Próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados do UFC diz que campeão abriu brechas em sua defesa que Evans não conseguiu aproveitar na luta.

 

 

O veterano Dan Henderson, próximo desafiante ao título dos meio-pesados do UFC, atualmente em posse de Jon Jones, disse em entrevista ao site "MMA Interviews" que ficou surpreso com a forma como Rashad Evans enfrentou o campeão no UFC 145. Segundo Henderson, o desafiante fez o que Jones queria, e não o ameaçou quando teve chance.
- O que mais me surpreendeu na luta entre eles foi o que Rashad não fez, e não o que Jones fez. Rashad não tentou quase nada do que poderia ter tentado. Ele se confundiu um pouco no primeiro round, e não foi nem um pouco ofensivo com o seu wrestling. Não tentou dominar a luta. Com Jon Jones tentando golpeá-lo tantas vezes no rosto, houve algumas aberturas em sua defesa com certeza, e Rashad poderia ter se aproveitado delas. Mas ele nem ao menos tentou. Ele lutou da forma como Jon Jones quis - disse Henderson.
Aos 41 anos de idade, Dan Henderson enfrentará Jon Jones na disputa do cinturão dos meio-pesados no dia 1 de setembro, no UFC 151, em Las Vegas, tentando conquistar o título que lhe falta na carreira. O lutador já foi campeão dos pesos-meio-médios e pesos-médios no Pride, lendário evento japonês extinto na última década, e deixou o Strikeforce com o cinturão meio-pesado da franquia no ano passado. Esta será a quarta defesa de cinturão de Jones desde que conquistou o título, ao derrotar o brasileiro Maurício "Shogun" Rua em março do ano passado. Desde então, o nova-iorquino venceu três ex-campeões da categoria - Quinton "Rampage" Jackson, Lyoto Machida e Rashad Evans - em sequência. Ele tem apenas uma derrota em 17 lutas no MMA.


 

Nenhum comentário: