Separados por grade, Haye e Chisora marcam luta em estádio para julho

Com licenças para lutar graças à Federação de Boxe de Luxemburgo, britânicos vão lutar na casa do West Ham, em Londres, no dia 14 de julho.

 


                                    Ao fundo, o batalhão de seguranças de Dereck Chisora

 

A briga de rua em Munique já tem data para virar um espetáculo nos ringues. No dia 14 de julho, no Uptown Park, estádio do West Ham, em Londres, David Haye e Dereck Chisora vão resolver suas desavenças como boxeadores profissionais. Sem licença na Federação Britânica, os dois recorreram à Federação de Boxe de Luxemburgo para terem a autorização, e a luta nos bastidores batizou de forma sarcástica o confronto entre os desafetos: “Licensed to Thrill” (Com licença para excitar, na tradução literal do inglês).

A briga de rua em Munique já tem data para virar um espetáculo nos ringues. No dia 14 de julho, no Uptown Park, estádio do West Ham, em Londres, David Haye e Dereck Chisora vão resolver suas desavenças como boxeadores profissionais. Sem licença na Federação Britânica, os dois recorreram à Federação de Boxe de Luxemburgo para terem a autorização, e a luta nos bastidores batizou de forma sarcástica o confronto entre os desafetos: “Licensed to Thrill” (Com licença para excitar, na tradução literal do inglês).



                                         Duelo foi apresentado à imprensa no gramado do
                                                              estádio do West Ham

 
aye estava sem licença desde que decidiu se aposentar, no ano passado, após ser vergonhosamente derrotado por Vladimir Klitschko na disputa pelo título da Associação Mundial de Boxe (AMB). Chisora, por sua vez, foi banido do esporte por tempo indeterminado pelo Controle do Boxe Britânico pela série de confusões em que se envolveu no fim de semana em que foi derrotado por Vitali Klitschko. No evento que marcou publicamente o duelo entre os dois polêmicos britânicos, os dois trocaram farpas e ironizaram um ao outro.

- Ele é o oponente ideal para mim. Estou tão feliz que ele tem um bom queixo porque, se não tivesse, ele seria destruído no primeiro round. Tentei nocauteá-lo em Munique e essa será a oportunidade para calar a boca dele – disse Haye.

Acompanhado por oito seguranças, Chisora respondeu ao rival de forma inusitada. Primeiro, criticou o visual “fora de moda” do adversário. Depois, afirmou que não será ele o silenciado após a luta.

- Não gosto de David. Ele precisa ter algum estilo. Essas trancinhas eram moda quando Ja Rule (o cantor) tinha algum sucesso na rádio. Falar agora é fácil. Você tem um tiro de sorte, e vou dá-lo a você nesse momento. Daqui a algumas semanas, vou dar te transformar em pó.




 David Haye e Dereck Chisora se encaram separados por grade e cercados de seguranças

Nenhum comentário: