'Acredito que Jon Jones é capaz de bater meu recorde', prevê Tito Ortiz

Ortiz, que fará sua despedida dos octógonos no início de julho, é o atual recordista de defesas de cinturão entre os meio-pesados do UFC.

 

 

Tito Ortiz fará sua despedida dos octógonos no próximo dia 7 de julho. O lutador, que será incluído no "Hall da Fama" do UFC, irá aposentar-se após o tira-teima com Forrest Griffin, no UFC 148, em Las Vegas. O meio-pesado pendurará as luvas, mas ainda possui uma marca considerável no Ultimate. Ele detêm o recorde de defesas do cinturão da categoria. Ortiz, entretanto, acredita que este recorde está perto do fim e aposta em Jon Jones para derrubá-lo.
Ortiz, de 37 anos, defendeu o cinturão em cinco oportunidades. Ele sagrou-se campeão ao vencer Wanderlei Silva, no UFC 25. Em seguida, bateu Yuki Kondo, no UFC 29, Evan Tanner, no UFC 30, Elvis Sinosic, no UFC 32, Vladimir Matyushenko, no UFC 33 e Ken Shamrock, no UFC 40. Tito Ortiz só foi derrotado na sua sexta disputa de cinturão, ao perder para Randy Couture, no UFC 44.
- Eu adoraria não perder esta marca, mas acredito que Jon Jones é capaz de superá-la. Se há alguma pessoa no mundo que eu gostaria de ver superando este recorde, este alguém é ele. É um cara muito bom e gosto muito dele - disse Tito ao site "Newsday.com"
Jon Jones já defendeu o cinturão em três oportunidades. Após ser campeão vencendo Maurício Shogun, no UFC 128, o americano bateu Quinton "Rampage" Jackson, no UFC 135, Lyoto Machida, no UFC 140 e Rashad Evans, no UFC 145. A próxima defesa de Jones será contra Dan Henderson, ex-campeão do Pride e do Strikeforce, no UFC 151 em 1º de setembro de 2012, em Las Vegas.

 

Nenhum comentário: