Anderson Silva promete arrancar dentes de Chael Sonnen


 



 


Na segunda-feira, o campeão dos pesos-médios do Ultimate, Anderson Silva, esqueceu o respeito e o silêncio frente às inúmeras provocações do desafeto Chael Sonnen nos últimos três anos e atacou o americano, numa teleconferência com a imprensa internacional para promover o UFC 148, que acontece em Las Vegas no próximo dia 7 de julho. Na terça, o UFC disponibilizou o áudio completo da entrevista, e o sportv.com selecionou as respostas do "Spider" para os fãs do MMA. 
A teleconferência, tradicional ação de promoção de eventos do UFC que envolvem vendas de pacote de pay-per-view, teve pouco mais de 30 minutos e contou com a participação de Anderson, Sonnen, Tito Ortiz, Forrest Griffin e do presidente da franquia, Dana White. Logo em sua primeira resposta, o normalmente contido "Spider" não poupou insultos ao rival.
- Esse cara é um marginal, uma escória do esporte. Não merece estar no UFC. Teve problema com a Justiça americana, problema com doping, não respeita nada. Esse cara é um imbecil. No dia 7 vou acabar com a cara dele e com cada um dos dentes da boca - detonou Anderson.
O ataque, porém, não ficou por aí. O lutador paulista ignorou a conversa sobre o desempenho de Sonnen no primeiro confronto entre os dois, no UFC 117, em agosto de 2010, e prometeu expulsar o americano do Ultimate, numa referência ao desafio feito pelo próprio Sonnen no UFC 136, quando declarou que deixaria a organização caso fosse derrotado por Anderson novamente.
- Quem vive de passado é museu. Eu vou bater nele de novo, é isso que vou fazer. Não tem muito o que fazer. Vou enfiar a porrada. Acabou a brincadeira, acabou a falação. Está chegando perto da verdade. Estou 100% e vou quebrar a cara dele. Vou expulsá-lo do UFC. Vai apanhar como nunca apanhou. Vou bater nele para aprender a ser educado, tudo que não aprendeu da mamãe e do papai, para aprender a respeitar as pessoas e os pais das pessoas - disparou.
A sequência de ataques tornou o "Spider" no centro das atenções da teleconferência e, em determinado ponto, o presidente Dana White chegou a pedir por perguntas aos demais presentes à teleconferência, por "não haver mais nada que Anderson possa disser além do que já disse". Na próxima terça-feira, 3 de julho, Anderson Silva e Chael Sonnen estarão frente a frente, para a coletiva de imprensa oficial do UFC 148.

 


 

Nenhum comentário: