Belfort, sobre Wand: 'Quando pegá-lo, vou fazer barba, cabelo e bigode'

Provocado por rival, lutador responde: 'Eu nunca vou me rebaixar a esse nível'.

 

 

As provocações de Wanderlei Silva não foram bem recebidas por Vitor Belfort. Depois de lesionar a mão, ficar fora do UFC 147 e ser chamado de "amarelão" pelo rival, o lutador deu a resposta em evento promocional nesta segunda-feira, em São Paulo. Afirmou que espera por uma nova luta e fez críticas ao compatriota.
- Amarelão? Na hora que eu pegar ele, vou fazer barba, cabelo e bigode. Quando uma pessoa fica frustrada ao ver que está perdendo, é normal, todo mundo via a maneira que ele parava e se expressava. Ele encara como porrada, eu como luta. Cada um tem uma forma de enxergar. Eu nunca vou me rebaixar a esse nível, bater boca. Nas últimas sete lutas, ele teve cinco derrotas e duas vitórias. Mas seria muito bom fazer essa luta. Ele falou até que eu fui irresponsável. Faz parte do esporte. Ele não soube compreender a rivalidade e partiu para a ofensa. Eu não passo por esse jogo. Eu queria poder lutar, pedi para o meu médico para lutar, mas com algumas contusões simplesmente não podemos.
Belfort disse que não vai torcer por Wand para poder lutar contra o compatriota na disputa pelo cinturão do peso-médio quando se recuperar. O lutador afirmou que não escolhe adversário.
- Eu estou vendo muito lutador escolher adversário. Eu não faço isso. Não escolho lutas. Eu trabalho para o UFC, vou fazer o que eles mandarem. Meu objetivo é o cinturão. Mas, claro, quero uma luta que me leve para cima.


 
O lutador citou a postura de Chael Sonnen, que vai enfrentar Anderson Silva no UFC 148, para voltar a criticar as provocações de Wanderlei.
- Respeito moral (por Wand) eu continuo mantendo. Mas ele falou que o Chael luta com a boca. Acho que ele tem de olhar para si próprio para ver como está lutando.
A previsão é que Belfort volte a treinar normalmente no meio de julho. O retorno ao octógono deve ser em outubro, em um possível UFC no Brasil. O lutador reafirmou seu desejo de seguir com a carreira por mais cinco anos.
- Vou lutar até os meus 40 anos. Tenho mais cinco anos de carreira. Botei uma meta na minha vida. É importante ter metas, você cria uma responsabilidade maior. Meu filho fica desesperado para eu não parar.
No UFC 147, neste sábado, em Belo Horizonte, Wanderlei Silva vai enfrentar o americano Rich Franklin. O peso-pesado Fabricio Werdum faz o co-evento principal contra Mike Russow. A TV Globo e o Combate transmitem, e o SPORTV.COM fará o acompanhamento em Tempo Real do evento na íntegra.

UFC 147
 

Mineirinho (Belo Horizonte), dia 23 de junho
 
CARD PRINCIPAL

Wanderlei Silva x Rich Franklin
Fabricio Werdum x Mike Russow
Cezar Mutante x Serginho Moraes
Godofredo Pepey x Rony Jason
Yuri Marajó x Hacran Dias
 
CARD PRELIMINAR

Anistávio Gasparzinho x Rodrigo Damm
Delson Pé de Chumbo x Francisco Massaranduba
John Macapá x Hugo Wolverine
Thiago Bodão x Leonardo Macarrão
Marcos Vina x Wagner Galeto
Felipe Sertanejo x Miltinho Vieira

Nenhum comentário: