Brian Stann espera retornar em dois meses, e mira Bisping ou Vitor Belfort

Peso-médio americano sofreu lesão de grau dois no ligamento do braço esquerdo, mas não precisará se submeter a uma cirurgia para se recuperar.

 

 

O peso-médio Brian Stann revelou, neste sábado, que não precisará submeter-se a uma cirurgia para curar a lesão de grau dois no ligamento do braço esquerdo que o tirou da luta contra o cubano Hector Lombard no UFC do dia 4 de agosto, em Los Angeles. Segundo o lutador, a recuperação será feita através de fisioterapia, e durará de seis a oito semanas.


- Felizmente não precisarei sofrer uma cirurgia. Espero ficar curado o quanto antes, e conseguir movimentar meu braço normalmente, como antes. Hoje, eu não consigo sequer levantá-lo - disse Stann em entrevista à FUEL TV, relembrando que já sofreu esta lesão quando atuava no futebol americano universitário..
Ex-campeão dos médios do extinto WEC, Stann tem seis vitórias e três derrotas no UFC, e venceu quatro de suas últimas cinco lutas. Contra Lombard, o lutador teria a chance de conseguir um resultado de expressão em TV aberta nos EUA. Mas a lesão durante os treinos com o peso-pesado Shawn Jordan, que caiu acidentalmente sobre o seu ombro, adiou seus planos.
- Aconteceu muito rápido, e meu ombro não suportou o peso. O barulho foi ouvido imediatamente, e você imediatamente sabe que sofreu uma lesão séria.
Stann espera voltar a treinar movimentos leves de chão em quatro ou cinco semanas, embora o mais seguro seja retornar em seis semanas. Enquanto Lombard teve sua luta mudada para o UFC 149, contra Tim Boetsch, Stann espera seu adversário para quando voltar a lutar. Entre os nomes possíveis, estão os também lesionados Michael Bisping e Vitor Belfort.
- Quero enfrentar qualquer um que esteja melhor ranqueado que eu. Nós queremos o cinturão. Todos querem ser campeões. É para isso que eu luto, e para chegar lá, precisamos vencer caras que estejam melhor ranqueados, e que nos coloquem mais perto da disputa do título. Eu daria as boas-vindas a qualquer um dos dois - finalizou Stann.

Nenhum comentário: