Chael Sonnen afirma que vence Anderson Silva até em luta de jiu-jítsu

Americano falastrão diz que força de vontade é mais importante que habilidades no MMA e que 'não dá a mínima' para quem se ofende com suas provocações.

 

 

Com cerca de três semanas restando antes da revanche entre Anderson Silva e Chael Sonnen, no próximo dia 7 de julho, o UFC publicou, nesta quarta-feira, um vídeo com uma entrevista pré-luta do americano. No registro, o desafiante número 1 esbanja confiança na vitória sobre o brasileiro em qualquer área, mesmo no kickboxing e no jiu-jítsu, duas das especialidades do Spider. Na primeira luta entre os dois, Anderson venceu com uma posição do jiu-jítsu, o triângulo, no quinto e último round.

- Torne isso uma luta de boxe, eu vou achar uma maneira de vencer. Torne isso uma luta de kickboxing, eu vou achar uma maneira de vencer. Não vou jogar uma competição de dança com ele, mas se ele quiser fazer um esporte masculino de combate, eu farei. Faça uma luta de jiu-jítsu, uma luta de wrestling, uma luta de MMA. Não importa. Ele não tem nada que eu, como competidor, não vá conquistar. Sou um competidor. Eu vou achar um jeito de vencer, como eu sempre faço - afirmou Sonnen, que no mesmo vídeo, minimiza o papel das habilidades individuais no combate.
- Não tem nada a ver com habilidades. Comentaristas adoram dizer que é sobre habilidades, mas não é. É sobre quem é mais duro, quem quer mais - explicou.
O americano reforçou os treinos na "arte suave" desde a derrota para Anderson, sua 11ª na carreira e oitava por finalização. Especificamente para o duelo com o atual campeão dos pesos-médios, Sonnen recrutou o brasileiro Vinny Magalhães, ex-finalista do The Ultimate Fighter e campeão peso-meio-pesado do M-1 Global. Magalhães chegou a declarar, em entrevista recente, que o americano poderia finalizar o Spider.

 


O meio-pesado brasileiro também foi criticado por aceitar o pedido de ajuda de um homem que lançou críticas ao Brasil em repetidas ocasiões. No vídeo, Sonnen também fala de seus ataques ao país e os justifica como uma tentativa de provocar Anderson Silva, e não especificamente o povo brasileiro. Por outro lado, não demonstra nenhum tipo de arrependimento.
- A intenção é lutar com alguém. Estou escolhendo uma luta com alguém. Não vou entrar e me curvar, implorar ou ficar sob um joelho. Vou pegar o que quero, um soco e um chute de cada vez, e não dou a mínima para quem ou o que fica ofendido com isso - disparou.
Apesar de garantir que não tem nada a provar contra Anderson Silva, Chael Sonnen voltou a mostrar remorso por todos os obstáculos que teve de superar para ter a chance de uma revanche, após sua derrota no UFC 117, em agosto de 2010.
- Não gosto desse cara, para ser honesto. Ele pôs todas as estipulações no mundo para que esta luta não acontecesse. Ele exigiu que eu esperasse dois anos, exigiu que eu ganhasse desse cara; depois que ganhasse desse cara, tinha que ganhar de outro cara. Eu ganhei de todos. Ele não vai mais poder me manter à distância - concluiu.
 
Confira o card completo do UFC 148:
 
UFC 148

7 de julho de 2012, em Las Vegas (EUA)
 
CARD PRINCIPAL*
Anderson Silva x Chael Sonnen
Tito Ortiz x Forrest Griffin
Cung Le x Patrick Côté
Demian Maia x Dong Hyun Kim
 
CARD PRELIMINAR*

Ivan Menjivar x Mike Easton
Chad Mendes x Cody McKenzie
Gleison Tibau x Khabib Nurmagomedov
Melvin Guillard x Fabrício "Morango" Camões
Riki Fukuda x Costa Philippou
John Alessio x Shane Roller
Yoislandy Izquierdo x Rafaello Oliveira

 

Nenhum comentário: