Couture, sobre triunfo do Spider sobre Sonnen: 'Não venceu de verdade'

Ex-campeão do UFC vê o americano em desvantagem para a final porque acredita que Anderson deve mudar o estilo de luta para o dia 7 de julho.

 

                                         Randy Couture está aposentado do MMA desde
                                                               abril do ano passado

 

Três vezes campeão do peso-pesado e duas vezes do meio-pesado do UFC, Randy "The Natural" Couture é um dos sete lutadores no "Hall do Fama" da organização. Tem moral de sobra para falar sobre qualquer combate e foi solicitado pelo site "MMA Fighting" para dar o seu palpite sobre Anderson Silva x Chael Sonnen do dia 7 de julho, em Las Vegas (EUA), no UFC 148. Couture considera que o brasileiro está em vantagem para o próximo duelo. E a explicação é no mínimo curiosa. De acordo com o "The Natural", o Spider é quem precisa mudar a forma como lutou contra o americano em 2010, o que dificultaria qualquer previsão do rival. Já Sonnen vai querer que tudo saia do mesmo jeito, mas, obviamente, sem sofrer uma nova finalização no fim.
- É meio estranho. Normalmente, eu diria que o ônus está sobre o cara que venceu a primeira luta para antecipar as mudanças que o perdedor vai fazer e conseguir o mesmo resultado. Mas se você olhar para Anderson e Chael, Anderson venceu por triângulo com dois minutos restando. Ele não venceu a luta de verdade. Ele apanhou, literalmente, por mais de quatro rounds. É quase como se, apesar de Chael ter de fazer alguns ajustes e obviamente descobrir como impedir o triângulo, é como se ele fosse o cara que venceu, porque ele quer que a luta aconteça do mesmo jeito, menos o triângulo. Mas o que o Anderson vai fazer? Ele não quer apanhar por quatro rounds e virar a luta, ele quer que seja completamente diferente. É quase como se Anderson estivesse em uma boa posição, pois ele está em uma posição em que pode fazer ajustes, e Chael vai ter de prever o que ele mudou.
Depois de sofrer diversas quedas e ser castigado no ground and pound por quatro rounds e meio, Anderson Silva venceu Chael Sonnen por triângulo a 1m50s do fim, naquela que foi a sétima defesa de cinturão dele no UFC. O Spider foi o quarto atleta a aplicar essa chave no americano. Demian Maia, Renato Babalu e Forrest Griffin já venceram Sonnen da mesma maneira. Por conta disso, Couture acredita que o compatriota não poderia ter perdido o combate com aquele golpe.
- Não sei se ele (Sonnen) cansou, houve um ritmo muito forte, mas o triângulo tem sido o calcanhar de Aquiles na sua carreira desde o primeiro dia. Não foi a primeira vez que foi pego nessa técnica. Chael foi um pouco descuidado, quando poderia ter feito taticamente muitas coisas diferentes, como trazê-lo de volta para a luta em pé e controlado mais.
 
UFC 148

7 de julho de 2012, em Las Vegas (EUA)
 
CARD PRINCIPAL

Anderson Silva x Chael Sonnen
Tito Ortiz x Forrest Griffin
Cung Le x Patrick Côté
Demian Maia x Dong Hyun Kim
Chad Mendes x Cody McKenzie
Ivan Menjivar x Mike Easton
 
CARD PRELIMINAR

Gleison Tibau x Khabib Nurmagomedov
Melvin Guillard x Fabrício "Morango" Camões
Riki Fukuda x Costa Philippou
John Alessio x Shane Roller
Yoislandy Izquierdo x Rafaello Oliveira

 

Nenhum comentário: