Dana White quer Cigano x Velásquez e Penn x MacDonald no UFC 152

Presidente do Ultimate diz que planeja revanche dos pesos-pesados e luta entre meio-médios para evento de 22 de setembro, em Toronto, no Canadá.

 

 

O presidente Dana White já sabe quando quer que Junior Cigano e Cain Velásquez façam sua revanche. Após declarar, imediatamente após o UFC 146, que pensava em fazer a luta entre os pesos-pesados num estádio de futebol no Brasil, o dirigente afirmou na noite desta sexta-feira que está planejando o duelo para o evento principal do UFC 152, em Toronto, no Canadá. O torneio de 22 de setembro deve contar ainda com o retorno do ex-campeão peso-leve e peso-meio-médio BJ Penn, em combate contra o canadense Rory MacDonald.







White fez os anúncios após o UFC: Johnson x McCall. Durante a coletiva de imprensa que sucedeu o evento, o presidente respondeu a uma pergunta sobre a luta entre Penn e MacDonald, sugerida pelo meio-médio canadense em uma entrevista e aceita pelo havaiano.
- Vamos fazer (esta luta). Joe (Silva, matchmaker do UFC) está ligando para BJ hoje e tentando garantir que vai acontecer. Vai ser no card de Toronto, 152, provavelmente no co-evento principal - afirmou o cartola.
Já o comentário sobre a revanche entre Cigano e Velásquez veio num bate-papo informal com a imprensa após a coletiva. Os dois pesos-pesados se enfrentaram pela primeira vez em novembro de 2011, quando o mexicano-americano era o dono do cinturão da categoria. O brasileiro, entretanto, o derrotou por nocaute em apenas 1m04s. As lutas seguintes dos dois aconteceram no UFC 146, no último dia 26 de maio, e ambos venceram com facilidade. Velásquez nocauteou o brasileiro Antônio Pezão no primeiro round, e Cigano derrubou o americano Frank Mir no segundo assalto.
Nenhum dos anúncios, entretanto, é oficial ainda. Caso BJ Penn confirme seu duelo com Rory MacDonald, será seu retorno ao octógono após anunciar sua aposentadoria em outubro de 2011, logo depois de perder para Nick Diaz por decisão unânime no UFC 137. MacDonald vem de vitória por nocaute técnico sobre Che Mills no UFC 145, em abril deste ano.

Nenhum comentário: