Dana White: Shogun preferia ser cortado a enfrentar Glover Teixeira

Presidente do UFC afirma na televisão que nunca viu algo do tipo, mas culpa equipe do ex-campeão peso-meio-pesado por recusa de combate.

 

 

Presidente do UFC afirma na televisão que nunca viu algo do tipo, mas culpa equipe do ex-campeão peso-meio-pesado por recusa de combate
O UFC colocou o brasileiro Maurício Shogun para enfrentar o americano Brandon Vera na luta principal de seu evento em Los Angeles, mas antes disso, tentou casar uma luta entre o curitibano e seu compatriota Glover Teixeira. O presidente da companhia, Dana White, voltou a afirmar nesta sexta-feira que Shogun recusou-se a enfrentar Teixeira, ao ponto de preferir a demissão.
- Ele disse que ele preferia ser cortado do que ter de enfrentá-lo. Cara, ninguém quer enfrentar esse cara (Teixeira). Estamos tentando colocar este cara (Shogun) para enfrentar alguém, mas ele não se importou em enfrentar Brandon Vera, então vai lutar com Brandon Vera - contou White numa entrevista pós-UFC: Johnson x McCall para a emissora de TV parceira do Ultimate.
Glover Teixeira estreou no torneio no último dia 26 de maio, no UFC 146, com uma finalização sobre Kyle Kingsbury. Foi a 16ª vitória consecutiva do mineiro, que já era visado pelo Ultimate há anos, mas demorou a assinar por causa de problemas com seu visto de entrada nos EUA.
Shogun, por sua vez, não luta desde o UFC 139, em novembro do ano passado, quando perdeu uma batalha de cinco rounds para Dan Henderson por decisão unânime. O ex-campeão dos pesos-meio-pesados tem 20 vitórias em 26 lutas na carreira, mas sofreu três derrotas em suas últimas cinco apresentações no octógono. White tentou tirar de Shogun a culpa da rejeição do duelo e pareceu atacar seu grupo de gerenciamento.
- Não quero soar como se estivesse desrespeitando Shogun, porque não estou. Apenas estou contando a verdade. É verbatismo o que sua equipe me disse quando conversamos com eles. Vocês me conhecem. Eu falo como é. Se você não quer que algo saia para o público, não diga para mim no telefone, porque eu vou dizer o que foi dito. Shogun é um guerreiro. O cara lutou com todo mundo no Pride e no UFC. Sua última luta contra Dan Henderson foi incrível. É o que é, uma dessas situações esquisitas. Nunca vi um cara no nível do Shogun não querer tanto enfrentar alguém - concluiu o presidente.




Nenhum comentário: