Fedor e Rizzo duelam em luta que pode decretar aposentadoria do russo

Ex-campeão peso-pesado do Pride disse que vai avaliar situação após combate com o brasileiro. Combate será em São Petersburgo.

 

 

A história daquele que é considerado o maior peso-pesado da história do MMA pode ter seu último capítulo escrito nesta quinta-feira, em São Petersburgo, na Rússia. Fedor Emelianenko luta em casa contra o brasileiro Pedro Rizzo pelo evento M-1 Global e, após desmentir que irá se aposentar, já revelou que vai avaliar a situação após o combate.
Fedor Emelianenko, atualmente com 35 anos, é considerado por boa parte da mídia especializada e dos fãs o maior peso-pesado da história do MMA e também rivaliza com Anderson Silva sobre qual é o melhor entre todos os pesos. O russo fez, ao todo, 38 combates no MMA, com 33 vitórias, quatro derrotas e um "no contest" (luta sem resultado).

No currículo, títulos no Pride e no Rings e muitas vitórias sobre lutadores que já foram campeões no UFC, como Rodrigo Minotauro (duas vezes), Mark Coleman (duas vezes), Tim Sylvia, Andrei Arlovski e Kevin Randleman. Também bateu outros grandes nomes das artes marciais, como Mirko Crocop, Mark Hunt, Semmy Schilt e Ricardo Arona.
Aos fãs de MMA, entretanto, faltou a Fedor Emelianenko uma passagem pelo UFC. Desde que o grupo que gerencia o Ultimate comprou o Pride, ele e seus empresários jamais chegaram a um acordo para lutar no atual maior evento de MMA do mundo.
Rizzo vê luta como o maior desafio da carreira
Pela frente, Fedor terá uma pedreira. "A Rocha" (apelido de Rizzo), para ser mais exato. Ex-lutador do UFC, com direito a três disputas de cinturão no currículo, Pedro vê o combate como um grande teste.
- Fedor sempre foi o cara contra quem eu quis lutar. O M-1 me surpreendeu em relação a estrutura e divulgação. Por onde ando na cidade, as pessoas chegam para tirar fotos.Os russos também me surpreenderam, mostrando ser um povo muito acolhedor e a expectativa para o combate é muito grande por aqui. Estou me sentindo pronto pra batalha.
O evento desta quinta também traz duas disputas de cinturão. O campeão dos leves, Daniel Weichel, encara Musa Khamanaev. E o dono do título dos pesados, Guram Gugenishvili, duela com Kenny Garner. Confira o card completo:

Fedor Emelianenko x Pedro Rizzo
Daniel Weichel x Musa Khamanaev
Guram Gugenishvili x Kenny Garner
Jeff Monson x Denis Komkin
Mairbek Taisumov x Marat Gafurov
Mikhail Malyutin x Bakhtiyar Arzumanov
Jerome Bouisson x Vugar Bakhshiev
Pavel Vitruk x Radoslaw Piechnik
Akhmed Sultanov x Denis Goltsov

Nenhum comentário: