Jason explica que chorou porque UFC o proibiu de usar a máscara

Atleta cearense entrou com a máscara na mão e a colocou no caminho ao octógono, mas um dos organizadores se apressou para lhe tomar o objeto.

 

 

Quem viu o choro de Rony Jason a caminho do octógono do UFC 147 imaginou que ele estivesse emocionado por estar prestes a lutar em um evento daquele porte. No entanto, o campeão peso-pena do TUF Brasil, que conquistou o título e o contrato com o Ultimate ao derrotar Godofredo Pepey por decisão unânime dos jurados, na noite deste sábado, em Belo Horizonte, explicou após o combate que as lágrimas foram de decepção: a organização não permitiu que ele colocasse a máscara do Jason, sua marca registrada, provavelmente por causa dos direitos autorais do personagem de filmes de terror.
- Hoje (sábado) foi o dia mais feliz da minha vida, mas também foi o mais triste. Eu carrego essa máscara do Jason desde a minha primeira luta. E pela primeira vez, no meu sonho - que era lutar no UFC -, não me permitiram entrar com ela. Fiquei bem triste. Eu até perdi um pouco do meu foco na luta. Mas agradeço a Deus, minha equipe foi excelente. Eles me botaram na realidade. Jason não é a máscara, ele está dentro de mim. Então, eu peço desculpa se minha luta não foi agradável. Prometo que a próxima será - disse ao "MMA Junkie".





Rony Jason entrou com a máscara na mão e foi seguido de perto por organizadores do evento. Chorando bastante, ele cedeu ao desejo e a colocou no rosto, mas não demorou nem cinco segundos para que um desses organizadores apressasse o passo e lhe tirasse o objeto à força.
Chateado com o ocorrido, o atleta da Team Nogueira não se mostrou à vontade no início da luta, mas contou com a torcida a seu favor e se recuperou no segundo e no terceiro rounds para vencer Pepey. O duelo, por sinal, não encheu os olhos do presidente do UFC, Dana White:
- Não gostei da luta. Esses caras do The Ultimate Fighter Brasil foram uns assassinos nas lutas para entrarem na casa e também durante toda a temporada. Mas acho que, como (o UFC 147) era um evento tão grande, eles estavam assinando autógrafos o dia todo... Acho que eles se deslumbraram um pouco. Adivinhe só? Você não está no UFC ainda. Você tem que entrar e atuar.

Dana diz que organização errou ao proibir Rony Jason de usar máscara.

 

Campeão da categoria peso-pena do TUF Brasil, Rony Jason não teve só momentos de alegrias no UFC 147, no último sábado, em Belo . Antes de derrotar Godofredo Pepey por decisão unânime dos jurados, o lutador entrou no ginásio do mineirinho chorando porque a organização do Ultimate não permitiu que ele colocasse a famosa máscara do Jason, sua marca registrada, durante sua caminhada até o octógono. Questionado por um fã no Twitter, Dana White deixou claro que não concordou com a proibição.
- Foi um erro do nosso organizador - garantiu o presidente do UFC.
Chateado, Rony Jason entrou com a máscara na mão, acompanhado de seguranças que o impediam de tentar colocar no rosto. Após o evento, ele afirmou que vai ''exigir'' o uso de seu acessório em suas próximas luta pelo Ultimate.

 

Nenhum comentário: