'Mordido', Rashad Evans espera se vingar de Lyoto Machida e Jon Jones

Lutador americano mostra que suas duas únicas derrotas na carreira ainda não foram digeridas e aguarda oportunidade de encarar seus algozes.

 

 

Rashad Evans ainda não engoliu sua derrota para o campeão e desafeto Jon Jones, no UFC 145, em abril. No entanto, não é apenas o prodígio do Ultimate que está atravessado na garganta do ex-campeão. Em entrevista à rádio americana ''The Ticket'', ''Suga'' afirmou que a derrota para Lyoto Machida ainda o incomoda bastante e espera uma chance de enfrentar o brasileiro novamente. O duelo foi no UFC 98, em 2009. Na ocasião, o americano foi nocauteado, sofreu o primeiro revés da carreira e deu adeus ao cinturão dos meio-pesados do Ultimate.
- Eu gostaria muito de vingar minha derrota para Jones um dia, assim como a do Lyoto Machida. Ele me pegou muito bem e todas aquelas imagens dele me batendo estão por toda a internet - disse Evans.
Aos 32 anos, Rashad Evans não se importou em dizer que sua derrota para o jovem Jon Jones, de 24, acabou servindo como um bom aprendizado. Ainda chateado, ele revelou que saiu muito ''ferido'' de seu último combate combate.
- Foi difícil porque era uma luta que eu realmente queria vencer, mas foi uma boa ferramenta de aprendizado. Ajudou a entender que as coisas nem sempre podem sair do meu jeito e me ajudou a crescer como pessoa: Se doeu? Sim. Fisicamente e emocionalmente. Depois da luta, uma semana mais tarde, sentia como se tivesse sofrido um acidente de carro. Meu corpo estava muito machucado, mas meus sentimentos foram feriados ainda mais - disse.
Rashad vai ter de esperar para tentar vingar as duas únicas derrotas de sua carreira. Lyoto está com luta marcada para o dia 4 de agosto, diante de Ryan Bader. Jon Jones, por sua vez, coloca a título em jogo diante do veterano Dan Henderson em setembro.

 

 

Nenhum comentário: