Pérolas do TUF: Gasparzinho carrega ring girl, e Ganso tem 'medo' de Wand

Brincadeira acaba em troca de empurrões entre Gaspar e Damm. Wanderlei reclama de Demian Maia na equipe verde, e Serginho cita 'manual do zoeiro'.

 

 

 

Pela enésima vez, Gasparzinho foi o grande protagonista das pérolas do The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões . O peso-pena agiu em várias frentes no episódio exibido neste domingo pela TV Globo: carregou a ring girl do UFC Brittney Palmer no ombro após a vitória de Vitor Belfort nos pênaltis sobre Wanderlei Silva e fingiu uma briga na frente do treinador do time verde. Mas ele finalmente levou o troco dos demais integrantes da casa: foi amarrado com fita isolante e se irritou, alegando que tem uma espécie de pânico quando está em uma situação dessas. A brincadeira acabou mal, e Gasparzinho foi tirar satisfações com Rodrigo Damm, com quem já havia se desentendido no reality show.
Outro momento curioso desta edição ocorreu também durante o "Desafio dos Técnicos", entre Vitor e Wanderlei. Convidado para ajudar os dois treinadores na técnica de cobrar pênalti, o meia Paulo Henrique Ganso, do Santos, ficou com "medo" do "Cachorro Louco". Alertado pelo goleiro Marcos, também convidado, de que o lutador havia posicionado a bola de maneira errada, o jogador preferiu não contrariar Wanderlei:
- Vou fazer o quê, Marcão? Deixa a bola lá - afirmou, às gargalhadas.
Confira abaixo as pérolas do 11º episódio do TUF:
- Espero que ele (Dana White) esteja com a pacoteira (dinheiro) lá e que eu leve para casa, né? (Wanderlei Silva, sobre o prêmio de R$ 45 mil para o vencedor do "Desafio dos Técnicos")
- O Wanderlei me disse que não sabe nada de futebol, o que eu acho muito estranho, considerando todos os chutes fortes que eu o vi dar nos últimos dez anos. (Dana White)
- Acho que vou dar um apoio para este time porque é verde, né? (Marcos, comparando a cor da camisa do Time Vitor à do Palmeiras, clube onde fez história como goleiro)
- Vou fazer o quê, Marcão? Deixa a bola lá. (Ganso, com "medo" de corrigir Wand após ser alertado por Marcos de que o lutador havia colocado a bola na posição errada)
- Estou ansioso para lutar. Quero lutar logo e fazer minha parte para poder comer à vontade. Comer, beber, ficar tranquilão logo. (Daniel Sarafian, sobre a perda de peso antes da pesagem)
- O Serginho Moraes é um atleta com excelência no jiu-jítsu. Se for para o chão, já era. De um jeito ou de outro ele vai pegar. (Marcos Vina)
- Quem ganhar, para mim, é o melhor, entendeu? Não tem esse negócio. Eu falo mesmo, eu só torço para mim. (Francisco Massaranduba)



- A visita do Demian aqui na casa foi muito boa, é um grande amigo nosso, mas na hora que o vi com a camisa verde eu falei: "Ô, Demian?!". Aí ele falou: "Pô, professor, é que o Sarafian é meu aluno". E eu falei: "Ah, então está bom". (Wanderlei Silva)
- Quem gosta de zoar os outros automaticamente sabe que é zoado. Faz parte, está no manual do "zoeiro". Entregaram para todo mundo na casa. Se não me engano, na página quatro. Ele não leu. (Serginho).



Nenhum comentário: