Renan Barão lamenta lesão de Aldo, mas vibra com luta principal no UFC

Peso-galo garante que vai substituir bem o companheiro de equipe no dia 21 de julho, no Canadá. Ele briga pelo cinturão interino com Urijah Faber.

 

 

 

Por conta da lesão sofrida por seu companheiro de equipe José Aldo, o peso-galo Renan Barão fará a sua primeira luta principal pelo UFC. Valendo o cinturão interino da categoria, o duelo entre o brasileiro e Urijah Faber, originalmente marcado para o UFC 148, dia 7 de julho, foi transferido para o UFC 149, dia 21 de julho, no Canadá. Apesar de lamentar o problema de seu amigo, Barão, de 25 anos, reconheceu a importância de estar no evento principal da noite. Ele espera poder substituir bem o parceiro Aldo e, de quebra, trazer o sonhado título para casa.
- É uma responsabilidade grande substituir o Aldo. Um cara especial e meu parceiro de equipe. Fico triste pelo meu companheiro, mas feliz por fazer um evento principal no UFC e, bem ou mal, a luta continua sendo da equipe Nova União. Estou bem tranquilo e treinando forte. Fiquei sabendo da mudança, mas sei que onde me colocarem vou estar pronto para dar meu melhor. A responsabilidade continua a mesma: trazer esse cinturão para cá - disse Renan Barão, ao SPORTV.COM.
O atleta, que ganhou mais duas semanas de preparação, tem estudado muito o seu próximo rival. Há dois anos, justamente o parceiro José Aldo esteve no octógono com Faber e venceu por decisão unânime. Diante disso, Renan tem escutado atentamente todas as dicas passados pelo treinador Dedé Pederneiras.
- A minha preparação está acontecendo da melhor forma possível. Estamos fazendo um bom trabalho e vou chegar 100% pronto para o combate. Converso muito com o Dedé, que conhece o Faber por causa da luta contra o Aldo e me passa muita coisa. Além disso, já vi várias lutas dele - afirmou o peso-galo brasileiro.
Apesar dos pés no chão, Renan Barão mostrou preferência por um bonito nocaute em Calgary, no Canadá.
- Se eu pudesse escolher, queria terminar com um grande nocaute esse combate. Mas vou chegar preparado para qualquer tipo de luta que ele quiser. Em pé ou no chão - completou.
A última luta de Renan Barão pelo UFC foi em fevereiro passado, pelo UFC 143. Na ocasião, o peso-galo derrotou o americano Scott Jorgensen por decisão unânime dos jurados. Barão tem três lutas e três vitórias pela organização.
 
UFC 149

21 de julho de 2012, em Calgary (CAN)

CARD PRINCIPAL
Renan Barão x Urijah Faber
Rodrigo Minotauro x Cheick Kongo
Hector Lombard x Tim Boetsch
Siyar Bahadurzada x Chris Clements

CARD PRELIMINAR

Court McGee x Nick Ring
George Roop x Antonio Carvalho
Bryan Caraway x Mitch Gagnon
Mitch Clarke x Anton Kuivanen
Ryan Jimmo x Anthony Perosh
Claude Patrick x James Head
Bibiano Fernandes x Roland Delorme

Nenhum comentário: