Wand é ovacionado em BH, enquanto Vitor Belfort é chamado de 'arregão'

Peso-médio recebe carinho dos mineiros antes do UFC 147. Focado no americano Rich Franklin, ele promete aos fãs a revanche contra o desafeto.

 

Pelo menos neste fim de semana, Belo Horizonte é oficialmente a capital brasileira do MMA. Na Praça Estação, quase mil pessoas marcaram presença no treino aberto do UFC 147, que acontece neste sábado, no Mineirinho. Quase todos tinham como objetivo maior ver de perto a estrela do evento, Wanderlei Silva, que enfrenta Rich Franklin na principal luta da noite.
Atencioso, Wand agradeceu ao carinho recebido e fez questão de chegar perto dos fãs e, inclusive, dar alguns autógrafos. Originalmente, o "Cachorro Louco" enfrentaria o desafeto Vitor Belfort, lesionado, na esperada revanche - o carioca nocauteou Wand no UFC Brasil, em 1998 -. Ainda insatisfeitos com a ausência de Vitor, os mineiros não perdoaram e soltaram o grito de ''arregão''. Sobre isso, Wanderlei Silva voltou a tranquilizar os fãs, deixando claro que o duelo não foi cancelado:
- Eles podem ficar tranquilos. A revanche foi adiada, mas não cancelada. Ela vai acontecer.
Finalista da categoria peso-médio do TUF, Cezar Mutante também contou com apoio dos mineiros. Paulista radicado em Belo Horizonte, ele aproveitou para pedir o apoio local e se definiu como um lutador de Minas Gerais:
- Não vou ser só eu no octógono. Estarei em Belo Horzionte. Vou ser o representante de Minas no UFC.
Entre os finalistas dos pesos-pena, Rony Jason foi quem recebeu o maior carinho. Seu oponente, Godofredo Pepey, teve de ouvir os gritos de ''Jason! Jason!'' ao subir no palanque. Entretanto, o lutador de cabelo rosa fez pouco caso.
- Ele treina no Rio, que é perto de Belo Horizonte. Se estivesse em Fortaleza ia ser um caldeirão. Mas não me importo. Quem quiser me apoiar, será bem-vindo - afirmou Pepey.
Em um momento curioso durante o treino aberto, o sempre sorridente Serginho se prontificou a ajudar as faxineiras e pegou o rodo para secar o tatame, que estava mais molhado de suor do que o habitual por causa do forte calor na cidade.

Rich Franklin vibra com poucos aplausos

Rich Franklin chegou ao Brasil com tudo para ser o vilão do UFC 147. No entanto, o rival de Wanderlei Silva também contou com o carinho dos brasileiros em BH. Simpático, ele arriscou algumas palavras em português, ainda no palco, e brincou com sua semelhança com o ator Jim Carrey.
- É. Todo mundo diz isso - disse, em bom português.
Após sua exibição no palanque, Franklin também foi assediado e atendeu aos pedidos de fotos com os fãs. Mesmo com poucos aplausos durante sua performance, ele ficou feliz.
- Alguns aplausos estão ótimos. Sou um americano enfrentando um brasileiro em sua terra natal. Ser um pouco aplaudido está maravilhoso - brincou.
O UFC 147 será realizado no Mineirinho. A luta principal será entre o peso-médio Wanderlei Silva e o americano Rich Franklin, ex-campeão da categoria. Pela final do reality show "The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões", Cezar Mutante e Serginho Moraes duelam pelos pesos-médios, enquanto Rony Jason encara Godofredo Pepey pelos penas.
A TV Globo e o canal Combate transmitem o UFC 147. O SPORTV.COM fará o acompanhamento em Tempo Real do evento na íntegra.
 
CARD PRINCIPAL

Wanderlei Silva x Rich Franklin
Cezar Mutante x Serginho Moraes
Godofredo Pepey x Rony Jason
Fabricio Werdum x Mike Russow
Yuri Marajó x Hacran Dias
 
CARD PRELIMINAR

Gasparzinho Medeiros x Rodrigo Damm
Delson Pé de Chumbo x Francisco Massaranduba
John Macapá x Hugo Wolverine
Thiago Bodão x Leonardo Macarrão
Marcos Vina x Wagner Galeto
Felipe Sertanejo x Miltinho Vieira

 

Nenhum comentário: