Wanderlei diz estar preparado e não quer esperar para lutar com Belfort

Brasileiro acredita que mudança de data é inviável, lamenta mudança e aguarda definição do UFC sobre quem será seu novo adversário.

 

 

Wanderlei Silva se pronunciou na manhã desta quarta-feira através do twitter sobre a mudança de adversário no UFC 147, que será realizado no próximo dia 23 de junho, em Belo Horizonte. O 'Cachorro Louco' deixou de lado os ataques a Vitor Belfort e afirmou que aguarda a definição do UFC sobre seu novo adversário.
- Ainda estou a espera do próximo oponente. Quero muito lutar para vocês aqui no Brasil. Estou voltando para casa. Trocar o adversário em cima da hora, nesta altura do campeonato, não é nada bom, mas espero que o UFC consiga - disse Wanderlei, no microblog.

O brasileiro que no evento principal da noite enfrentaria Vitor Belfort, vetado após sofrer uma lesão na mão esquerda, aproveitou para falar sobre um possível adiamento da luta.

- Estou treinando há dois meses e me sinto pronto. Não gostaria de ter que esperar, além de todos os fãs que já compraram ingresso. Não dá - finalizou Wanderlei.




Em uma enquete, promovida pelo SPORTV.COM, a maioria do público fã de MMA quer que o chefão do Ultimate tire o "Cachorro Louco" do card e o deixe em espera até que Belfort se recupere de um deslocamento de ossos na mão esquerda. Foram exatos 17.972 votos em apenas 24 horas de pesquisa. Entre as possibilidades consideradas cabíveis, a opção vencedora teve 45% do total, ou 7.924 votos.
Vitor e Wanderlei já lutaram uma vez, em 1998, com vitória arrasadora por nocaute do primeiro, em apenas 44 segundos. O segundo duelo entre eles, que deveria ocorrer no UFC 147, ficou ainda mais aguardado por causa do The Ultimate Fighter Brasil - Em busca de campeões, do qual ambos são treinadores. No reality show exibido aos domingos pela TV Globo, eles se desentenderam algumas vezes e deixaram o clima quente entre as equipes. Wanderlei costuma provocar o rival, dizendo que os discursos dele são chatos e garantindo que iria vencê-lo em junho. Vitor, por outro lado, procura ser mais contido, mas também criticou o "Cachorro Louco" recentemente em entrevista ao SPORTV.COM.

Nenhum comentário: