Werdum: 'Ganhar cinturão será bom, mas nada se compara a bater Fedor'

Brasileiro espera uma chance de disputar o título dos pesados do UFC contra Cigano, mas, para ele, vitória contra o russo em 2010 foi marcante.

 

                                              Fabrício Werdum bateu Fedor em 2010, pelo
                                                                    Strikeforce



Fabrício Werdum vem demonstrando por que é considerado um dos maiores nomes entre os pesos-pesados do UFC. Com vitórias convincentes sobre Roy Nelson e Mike Russow, o brasileiro, especialista em jiu-jítsu, mostrou que não é bom apenas na arte suave e conquistou os dois últimos triunfos na base da trocação. "Vai Cavalo" quer agora uma chance para disputar o cinturão, em uma revanche contra Junior Cigano, mas, para ele, uma conquista é ainda mais especial. Ter vencido Fedor Emelianenko.
Werdum bateu o russo, considerado por muitos o maior peso-pesado de MMA em todos os tempos, em 2010, pelo Strikeforce, com uma finalização (triângulo) logo no primeiro minuto de combate. Com a vitória, o brasileiro quebrou a invencibilidade do russo que durava quase dez anos.
- A luta contra o Fedor foi a mais importante da minha vida. Nunca irei esquecer. Ganhar o cinturão do UFC vai ser maravilhoso, mas não será nada parecido com ganhar do russo - comentou Werdum, ao site "Fighters Only".
Fabrício Werdum espera agora a possibilidade de uma revanche contra Junior Cigano, pela disputa de cinturão dos pesados do UFC. Na primeira vez que se enfrentaram, Cigano venceu por nocaute, no UFC 90, em 2008, na estreia do atual campeão no Ultimate.

 

Nenhum comentário: