Após queda 'esquisita' de rival, Demian Maia vence no UFC 148

Brasileiro estreia entre os meio-médios com triunfo sobre o sul-coreano Dong-Hyun Kim, que cai de forma estranha e perde por desistência verbal.

 

                                Demian Maia aplica queda no sul-coreano Dong-Hyun Kim

Demian Maia contou com a sorte e a competência de um faixa-preta de jiu-jítsu no card principal do UFC 148, na noite deste sábado, em Las Vegas. Após duas derrotas em três lutas na categoria dos pesos-médios (até 84kg), o brasileiro estreou entre os meio-médios (até 77kg) com vitória sobre Dong-Hyun Kim após um momento bem curioso do combate.
Criticado por ter deixado de praticar o jiu-jítsu nas últimas lutas, Demian iniciou o duelo decidido a derrubar o adversário e ir para o chão. Após alguma insistência, o paulistano conseguiu a queda e a vitória por nocaute técnico com apenas 47 segundos do primeiro round. Isso porque o sul-coreano caiu de mal jeito, machucando a costela, e gritou para sinalizar a desistência verbal.
Foi o 16º triunfo de Demian Maia em 20 lutas na carreira. O atleta de 34 anos já disputou até cinturão entre os médios, quando foi derrotado por Anderson Silva em 2010. Já Dong-Hyun Kim, de 30 anos, sofreu o segundo revés em 19 combates (6-2 no UFC).

Nenhum comentário: