Belfort descarta Wanderlei e quer Weidman, Lombard ou Boetsch

Peso-médio analisa três possíveis rivais e espera lutar em outubro, no Rio.

 

 

Vitor Belfort já deixou claro que não tem interesse de enfrentar Wanderlei Silva após seu desafeto ter sido derrotado por Rich Franklin, no UFC 147, no mês passado. Se recuperando de uma cirurgia na mão, o peso-médio já tem em mente alguns possíveis adversários para o seu retorno ao octógono do Ultimate.
- Ou Weidman, ou o vencedor da luta do cubano (Hector Lombard) com o Boetsch - disse o lutador, em entrevista ao site da revista ''Tatame''.
Na expectativa de receber uma confirmação de sua presença no card da terceira edição do UFC Rio, em outubro, Vitor também fez uma breve análise sobre Hector Lombard, que chega com moral para sua estreia no UFC, neste sábado, diante de Tim Boetsch, no Canadá. O cubano é apontado como um dos possíveis candidatos ao posto de próximo desafiante do campeão da categoria, o brasileiro Anderson Silva.
- Ele é bom, um atleta olímpico. É duro. Vamos aguardar, estou na expectativa - disse Belfort, ao mesmo site.
Vitor Belfort não luta desde janeiro deste ano, quando finalizou o americano Anthony Johnson no UFC 142, no Rio de Janeiro. Ele lutaria diante de Wanderlei Silva no dia 23 de junho, em Belo Horizonte, mas acabou lesionado e substituído por Rich Franklin

 

Nenhum comentário: