Chad Mendes supera derrota para José Aldo e nocauteia Cody McKenzie

Peso-pena californiano, da equipe Alpha Male, consegue golpe forte na linha de cintura e vence de forma arrasadora em apenas 31 segundos de combate.

 

                            Chad Mendes aplica sequência para cima de Cody McKenzie

O peso-pena Chad Mendes mostrou neste sábado o porquê de ser um dos melhores pesos-penas do UFC. Com uma atuação devastadora, o lutador nocauteou o compatriota Cody McKenzie, conhecido por ser o "rei da guilhotina", em apenas 31 segundos no card principal do UFC 148. Com o resultado, Mendes se recuperou da derrota para José Aldo por nocaute no primeiro round do UFC Rio 2, em janeiro deste ano. O nocaute de Mendes sobre McKenzie foi o primeiro da noite, que teve as seis lutas anteriores decididas pelos juízes.
O combate começou com Chad Mendes buscando a trocação, não se assustando com a maior envergadura do adversário. Com bons chutes baixos, Mendes se aproximou de McKenzie e, após defender um chute na linha de cintura, acertou um belo soco no abdômen do rival, levando-o ao chão. O árbitro Steve Mazzagatti teve de interromper o combate após Mendes aplicar diversos socos na cabeça de McKenzie, que já não conseguia defender-se.
- Eu estudei o jogo dele e sabia que era isso que eu tinha que fazer. Ele tem um envergadura muito grande, mas consegui um belo golpe e a vitória - disse Mendes, após a luta.
Após o anúncio oficial do resultado, McKenzie fez questão de cumprimentar Mendes, levantando seu braço no centro do octógono, reconhecendo a sua vitória.

Nenhum comentário: