Combate entre Renan Barão e Urijah Faber teve 'dedo' de Dedé Pederneiras

Treinador do brasileiro se antecipou e entrou em contato com o UFC, após lesão de Dominick Cruz, colocando o potiguar a disposição para a luta.

 

Dedé Pederneiras, treinador de Barão, entrou em contato com o UFC após lesão de Cruz


Renan Barão não foi pego de surpresa com o anúncio de que seria o substituto de Dominick Cruz, no combate contra Urijah Faber, neste sábado, pelo UFC 149, em Calgary, válido pelo cinturão interino dos pesos-galos. E quem arquitetou todo o processo após a lesão do atual detentor do posto de número um da categoria foi Dedé Pederneiras, treinador do brasileiro.
Após o anúncio de que Cruz havia lesionado o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, Dedé entrou em contato com o UFC, dizendo que Barão estava pronto.
- Quando o Dominick Cruz se machucou e 'caiu' a luta dele contra o Urijah Faber, sabíamos que o Barão estava perto de disputar o cinturão. Me adiantei e mandei um e-mail ao UFC, dizendo que o Renan estava preparado, caso o Ultimate quisesse, pois ele lutaria no mesmo evento contra o Ivan Menjivar. Deu certo e chamaram ele para disputar o cinturão interino - disse Dedé ao programa "OSS - Sobre Artistas Marciais".
Renan contou que recebeu a notícia do seu treinador, após um telefonema.
- O Dedé me ligou, dizendo que possivelmente eu lutaria pelo cinturão interino. Foi assim que recebi a notícia - contou Barão, em meio a sorrisos.
Dedé Pederneiras aposta em uma vitória por nocaute do brasileiro.
- Acho que o Renan tem grandes chances de nocautear o Faber, ou até finalizar, mas acredito que a luta vai ser decidida em pé - finalizou o treinador.


 

Nenhum comentário: