Cung Le estraga a volta de Patrick Côté ao UFC com vitória por pontos

Canadense encerra ausência de quase dois anos do torneio com derrota por unanimidade para rival que ainda não havia vencido pela organização.

 

O peso-médio vietnamita Cung Le, de 40 anos de idade, conseguiu, enfim, sua primeira vitória pelo UFC. O triunfo aconteceu neste sábado, no UFC 148, diante do canadense Patrick Côté, que retornou ao torneio após uma ausência de quase dois anos. A vitória foi conquistada por unanimidade (triplo 30-27).


- Me sinto muito bem e cansado. Meu adversário foi muito duro, e aguentou muitos golpes. Não consegui nocauteá-lo, mas a vitória é que vale. Eu vou seguir meu próximo objetivo, já que o primeiro, que era vencer no UFC, eu acabei de conseguir. Muito obrigado a todos - disse Cung Le, sendo muito aplaudido pelo público.
O combate começou com Cung Le conseguindo um bom chute baixo, derrubando o canadense, que não conseguia se livrar dos chutes perigosos do vietnamita. Aparentemente fora de forma, Côté não conseguia se impôr ao adversário, que tomava a iniciativa da luta, principalmente com chutes. No fim do round, um momento de descontração: ao tentar dar um chute rodado, Côté desistiu no meio do caminho, e os dois lutadores riram da manobra desastrada do canadense.
O segundo round trouxe Cotê tentando encurtar a distância para Cung Le, que aproveitava a falta de mobilidade do canadense para disparar chutes rodados com muito perigo para o adversário. Na metade do round, Côté passou a buscar a trocação franca e aberta. Já Cung Le usava os chutes para manter o rival à distância e evitar o golpes curtos. No fim do round, o canadense mostrava-se mais cansado que o vietnamita.
No terceiro e último round os dois lutadores já mostravam cansaço e desgaste físico, e o rtimo do combate diminuiu bastante. Mais concentrado na luta, Cung Le seguia sua estratégia de chutes altos e socos rápidos, que lhe garantiam pontos e evitavam a aproximação do canadense. Com vantagem na luta, Cung Le administrou os minutos finais da luta para garantir sua primeira vitória no UFC.

 

Nenhum comentário: