Demian espera mais uma vitória para se destacar entre os meio-médios

Lutador brasileiro comemora nocaute-relâmpago sobre o coreano Dong Hyun Kim no UFC 148 e espera reconhecimento na nova divisão de peso.

 

O brasileiro Demian Maia não precisou de nem um round completo para sair vitorioso sobre o coreano Dong Hyun Kim em sua estreia na categoria dos meio-médios, pelo UFC 148. O lutador decidiu descer de divisão após sua derrota em janeiro, para Chris Weidman e garantiu que se sentiu melhor diante de um adversário menor. Mesmo preferindo não falar sobre o futuro, Demian acredita que mais uma vitória convincente o coloca em evidência dentro da categoria.
- Eu não sou um cara supersticioso, mas não gosto de responder sobre isso (proximidade do cinturão) porque acho que dá azar. Prefiro não falar muito disso. Ganhei de um cara muito duro, que tinha apenas uma derrota para o Carlos Condit, que é o campeão interino. E consegui vencer rápido. Acho que se eu ganhar outra luta boa, as pessoas vão começar a me ver como um possível desafiante ao título - disse.
O canadense Georges St-Pierre é detentor do cinturão dos meio-médios desde 2007. Entretanto, ele está sem lutar desde abril do ano passado, após passar por uma cirurgia no joelho direito. Tudo indica que ele volte a lutar em novembro contra o campeão interino Condit.
Lutando pelo Ultimate desde 2007, Demian só teve uma luta por cinturão na organização. Em 2010, ele perdeu para o compatriota Anderson Silva na decisão unânime dos jurados.

 

 

Nenhum comentário: