Escolha de assistentes no TUF gera polêmica entre Roy Nelson e o UFC

'Gordinho' do peso-pesado divulga lista irônica depois de o Ultimate ter vetado alguns de seus escolhidos para assistente técnico do reality.

 

 

                                               Shane Carwin (esq.) e Roy Nelson

Com a proximidade do início das gravações do TUF 16, os lutadores que vão ser os treinadores desta edição, Shane Carwin e Roy Nelson, já decidiram seus assistentes técnicos para os programas. Carwin anunciou os seus e não teve problema algum. Mas o "gordinho" Nelson teve alguns nomes vetados pelo Ultimate.
Um deles é King Mo Lawal, ex-campeão meio-pesado do Strikeforce, evento gerenciado pela Zuffa, mesmo grupo que comanda o UFC. Lawal foi suspenso por doping em janeiro e, para completar, assinou com o maior rival do Ultimate no momento, o Bellator.
- Estou animado. Eu estou aqui apenas na esperança de que eu possa realmente levar todos os meus treinadores que quero que sejam meus assistentes técnicos (no TUF). Eu poderia simplesmente ter que fazer isso sozinho. Você nunca sabe. Eu não acho que eles aprovam a metade das pessoas com quem eu eu costumo sair - disse à rádio do site "MMA Weekly".
Além de King Mo, teriam sido vetados: Kurt Angle, wrestler profissional contratado do evento "Total Nonstop Action Wrestling" e que diversas vezes deu entrevistas dizendo que fora sondado pelo UFC; e Victor Conte, nutricionista autodidata pivô de um escândalo de doping na década de 90. Conte fundou uma empresa (Balco) que passou a fabricar suplementos alimentares irregulares que não eram descobertos em testes antidoping.
Ironicamente, após o veto do UFC, Roy Nelson uma lista imensa com nomes de supostos assistentes técnicos para serem aprovados. Incluindo Royce Gracie, George St-Pierre, Nick Diaz, Nate Diaz, Rashad Evans, Forrest Griffin e até Chael Sonnen.
Eu só estou esperando que eles sejam aprovados, porque eles tendem a ficar todos juntos, já que sabem como (o TUF) funciona. Eu não quero que eles sejam tratados como Rosa Parks. Tudo que eu sei é que eles são os caras que cuidam do elenco. Se o The Ultimate Fighter deste ano for uma m..., vou culpá-los - afirmou Nelson, referindo-se à falecida costureira que foi símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos e que ficou famosa em 1º de dezembro de 1955, no episódio em que se recusou a ceder lugar em um autocarro a um branco.
O The Ultimate Fighter 16 começa a ser filmado nos próximos dias e tem estreia prevista para setembro na TV americana.

 

Nenhum comentário: