Invasão da torcida brasileira marca abertura dos portões para o UFC 148

Brasileiros comparecem em peso e dividem espaço com os compatriotas de Chael Sonnen em Las Vegas, antes do início do esperado evento.

 

 

Mesmo distante do Brasil, Anderson Silva vai se sentir em casa para a esperada revanche diante de Chael Sonnen. Horas antes do duelo, muitos fãs brasileiros já estão na arena de Las Vegas para dividir o espaço com a torcida americana e torcer por uma vitória do Spider. Na fila de entrada, a turma vestida de verde e amarelo era a mais empolgada.
Carlos Alberto Azevedo foi vestido com as cores do Corinthians, ao lado de sua esposa Fernanda e sua filha vitória. Ele espera mais uma finalização de Anderson sobre Sonnnen.
- Viemos só para a luta. Somos todos corintianos torcendo pelo Anderson. Ele vai vencer por finalização - disse Carlos Alberto

                                              Carlos Alberto com a esposa e a filha

Após marcarem presença em todos os eventos do Ultimate na semana, Fernando e Diego Tremonti, de São Paulo, foram alguns dos primeiros brasileiros a chegar ao local da luta. Os dois levaram a bandeira do Palmeiras, clube do coração, mas vestiram a camisa do Brasil e garantiram que a torcida é 100% de Anderson Silva.


                                         Fernando e Diego com a bandeira do Palmeiras

- Aqui ele não é Corinthians. Ele é Brasil e vai quebrar a cara do Sonnen - disse Diego.
O casal Soraia e Welinton Machado vieram do Pará, trazendo uma bandeira do Estado. Os dois aproveitaram para conhecer a "cidade do pecado", mas garantem que a luta foi o motivo que impulsionou a viagem.
- Foi a luta. Queremos ver o Anderson ganhar mais essa - afirmou Welinton.

Nenhum comentário: