Marcelo Guimarães estreia no UFC com vitória contra Dan Stittgen

Brasileiro, nascido no Espírito Santo e recuperado de problemas com drogas, supera ansiedade e vence a luta por pontos, em decisão dividida.

 

   Marcelo Guimarães acerta um chute na vitória sobre Dan Stittgen no UFC em San Jose



Atual campeão do Jungle Fight na categoria até 77 kg, o meio-médio brasileiro Marcelo "Magrão" Guimarães estreou com vitória no UFC. Nesta quarta-feira, o lutador superou a maior experiência do americano Dan Stittgen, e foi venceu por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29 e 29-28). A decisão foi vaiada pelo público que acompanhava o combate no HP Pavilion, em San Jose.
 
A luta

O primeiro round começou com os dois lutadores trocando chutes baixos, até o brasileiro tentar o single leg, para levar a luta para o chão. Stittgen conseguiu defender a queda e manteve o combate em pé, buscando uma guilhotina. Em seguida, aproveitando uma desatenção de Guimarães, Stittgen conseguiu a derrubada e tentou ficar por cima, mas "Magrão", faixa preta de jiu-jítsu, inverteu a posição e retomou a luta em pé.
Guimarães continuava buscando o single leg e a derrubada, mas o americano conseguia fazer a defesa, não deixando que o brasileiro levasse o duelo para a sua área de preferência. A cerca de um minuto do fim do round, Stittgen deu um grito, sem razão aparente, mas isso não distraiu o brasileiro, que manteve o seu jogo de encurtar a distância e tentar levar o rival para o chão.
No segundo round, Stittgen conseguiu um bom chute baixo, que derrubou Marcelo Guimarães. O brasileiro levantou-se rapidamente e retomou a estratégia do primeiro round, encurtando a distância para o americano. Mais alto e com maior envergadura, Stittgen tentaca socos e chutes à distância, e minava a resistência de "Magrão", que mostrava sentir o cansaço. Melhor na luta, o americano defendia as tentativas de queda do brasileiro e passava a dominar o combate. Com bons chutes altos e até um soco rodado, Stittgen dominou o round até o fim.
O terceiro e último round trouxe Stittgen mais incisivo nos chutes, surpreendendo Marcelo Guimarães e somando pontos importantes na luta. O brasileiro conseguiu equilibrar a luta na trocação em pé, com uma boa combinação de chute e soco a cerca de 2m30s do fim da luta. Mais inteiro fisicamente, Stittgen tentava conter o brasileiro que, na grade, gritava a cada golpe que dava no americano, mostrando muita vontade, e pontuando decisivamente para conquistar a vitória.

Nenhum comentário: