Rafael dos Anjos vence Anthony Njokuani pelos pesos-leves do UFC

Brasileiro domina totalmente o nigeriano - tanto no jogo de chão quando na luta em pé - e vence o combate por decisão unânime após os três rounds.

 

 

Quarto e último brasileiro a subir ao octógono do UFC: Muñoz x Weidman, o peso-leve Rafael dos Anjos teve pela frente um adversário muito perigoso na luta em pé: o nigeriano Anthony Njokuani. Com carteis irregulares - ambos possuíam duas vitórias e duas derrotas em suas últimas quatro lutas - os lutadores surpreendentemente fizeram um combate desigual, com o carioca dominando todos os três rounds e vencendo por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27 e 29-28).
 
A luta
O primeiro round começou com os dois lutadores se estudando, quando, com um minuto de luta, o brasileiro acertou um direto de esquerda que derrubou o nigeriano. Tafael dos Anjos buscou levar a luta para o chão, mas Njokuani conseguiu evitar a estratégia do adversário e manteve o combate em pé. Melhor na luta, o brasileiro encaixou um upper de direita, ignorando a maior envergadura do seu rival, e se manteve dominando o centro do octógono, incomodando Njokuani e ganhando confiança no combate.
No segundo round, Rafael dos Anjos começou com chutes baixos e a busca pelo encurtamento de distância e a aplicação de socos curtos. Com dois minutos de luta, o brasileiro tentou novamente levar a luta para o chão, mas o nigeriano conseguiu defender a queda e se manter em pé após ficar alguns segundos no solo. Após algumas tentativas, finalmente o carioca levou o nigeriano para o chão, e tentou a passsagem da guarda, mas Njokuani novamente conseguiu levantar-se. Totalmente dominado, o africano apenas se defendia das investidas de Rafael dos Anjos, até que, a 35 segundos do fim do round, finalmente a queda foi dada. Absoluto no round, Rafael dos Anjos golpeou seguidamente o nigeriano até o fim do tempo regulamentar.
Com a vantagem consolidada nos dois primeiros rounds, Rafael dos Anjos voltou para o terceiro e último round administrando a luta e deixando a iniciativa do combate para Anthony Njokuani. Melhor tecnicamente, o brasileiro não deixava o adversário ganhar confiança na luta, e aplicava golpes e quedas sucessivas. No chão, dos Anjos castigou duramente o nigeriano durante os 30 segundos finais para garantir a vitória.

Nenhum comentário: