Shane Roller bate John Alessio e dá fim à sequência de derrotas seguidas

Americano começa mal, mas se recupera e vence por decisão dos jurados. Canadense sofre quarta derrota em quatro lutas no UFC e está ameaçado.

 

             Shane Roller acerta um bom golpe na vitória sobre John Alessio no UFC 148 


Em um duelo peso-leve razoavelmente movimentado pelo card preliminar do UFC 148, o americano Shane Roller esteve em desvantagem no primeiro round, mas conseguiu se recuperar e superou o canadense John Alessio por decisão dos jurados: todos deram o placar de 29 a 28 ao vencedor. Assim, ele encerrou uma sequência bastante negativa de três derrotas consecutivas na organização, para Melvin Guillad, T.J. Grant e Michael Johnson.
Roller, que tem 32 anos, chegou ao 11º triunfo na carreira, contra seis derrotas no total (2-3 no UFC). Já Alessio, um ano mais velho, sofreu o 16º revés, o quarto em quatro combates somando suas três passagens pelo Ultimate - ele tem 34 vitórias no cartel.
O duelo se desenrolou em pé de início. Após alguns golpes trocados, Roller encaixou uma bela direita no rosto de Alessio, que continuou de pé. Ao dar um chute baixo, ele acertou sem querer os "países baixos" do oponente, que precisou de alguns minutos para se recuperar. Na volta, Roller tentou, sem sucesso, a queda, e Alessio partiu para o clinch. A luta ficou morna nesse momento, sem efetividade por parte dos dois, até que o canadense acertou uma direita e conseguiu o knockdown, mas não teve tempo para finalizar o combate por causa do tempo esgotado.
No segundo round, os lutadores foram para o chão, e Roller por pouco não encaixou a guilhotina. De novo em pé, ele conseguiu uma bela queda e ficou por cima, dominando o rival com cotoveladas. O americano pegou as costas e partiu para o mata-leão, sem achar o espaço que precisava. Ele, então, seguiu disparando socos e cotoveladas e o castigou até o fim do assalto.
Após levar prejuízo no segundo round, Alessio iniciou uma sequência de diretos e cruzados e balançou o adversário no terceiro, antes de pressioná-lo contra a grade. Roller se recuperou do mau momento e conseguiu boa queda, ficando por cima de novo. Após o canadense se levantar, o americano pegou as costas e voltou a derrubá-lo, desta vez disparando socos certeiros. Nos segundos finais, Alessio inverteu a posição e tentou a sorte com vários socos, mas poucos acertaram. Na decisão dos três jurados, vitória de Roller por 29 a 28.
- Foi uma luta dura. O plano de jogo era o wrestling, mas venho trabalhando muito na luta em pé. Ele luta bem em cima, mas sei que isso é parte do MMA. Não é uma luta de boxe. Ele tem uma mão pesada, e senti isso nos golpes - disse Shane Roller após o combate.

Nenhum comentário: