Shogun mira Jon Jones e diz que lutaria contra Sonnen e Anderson

Ex-campeão dos meio-pesados quer o cinturão de volta, pede revanche e acredita que está mais fácil estudar o estilo de luta do americano.

 

                                            Shogun pediu por revanche contra Jon Jones



O meio-pesado Mauricio Shogun entra no octógono do UFC neste sábado, para enfrentar Brandon Vera, no evento-principal do UFC: Shogun x Vera, que será realizado no Staples Center, em Los Angeles. O curitibano revelou porém que sonha mesmo é com uma revanche contra Jon Jones, atual campeão dos meio-pesados. Shogun disse também que adoraria enfrentar Chael Sonnen e que lutaria contra Anderson Silva, mas em sua categoria.
O ex-campeão dos meio-pesados foi derrotado por Jon Jones no UFC 128, em março de 2011, na sua primeira defesa de cinturão. De lá para cá foram duas lutas, com uma vitória sobre Forrest Griffin, no UFC 134, e uma derrota, para Dan Henderson, no UFC 139. O brasileiro acredita que chegou a hora de uma revanche contra o atual campeão.
- Esta é a luta que eu busco. Quero o cinturão de volta. Acredito que agora é mais fácil estudar o Jon Jones. Quando nos encontramos, pela primeira vez, ele era uma novidade. Agora, já o vimos lutar com outros caras e temos uma idéia do que ele pode fazer no octógono. Estou trabalhando para derrotá-lo numa revanche - disse o brasileiro.
Shogun também falou sobre um possível confronto contra Chael Sonnen e Anderson Silva. Segundo o curitibano, seria um prazer enfrentar o falastrão americano.
- Ele fala demais. Seria um grande prazer para mim. Eu o respeito como lutador, mas ele tem uma boca grande demais. Adoraria enfrentar o Anderson. É o maior de todos os tempos. Mas só lutaria com ele entre os meio-pesados. Não dá para eu descer para os médios - disse Shogun.


                                         Shogun perdeu o cinturão para Jon Jones, em 2011

O curitibano comentou ainda sobre uma possível aposentadoria do seu conterrâneo, Wanderlei Silva.
- Eu o respeito muito. Esta é uma decisão muito pessoal para ele. Tudo que ele fizer, vou apoiá-lo totalmente. Estive no seu córner na luta contra Rich Franklin e ele quase ganhou por nocaute no segundo round. Ele mostrou que ainda pode lutar em alto nível - disse o lutador.

UFC: Shogun x Vera

4 de agosto de 2012, em Los Angeles (EUA)

CARD PRINCIPAL
 
Maurício Shogun x Brandon Vera
Lyoto Machida x Ryan Bader
Travis Browne x Ben Rothwell
Joe Lauzon x Jamie Varner

CARD PRELIMINAR

Nam Pham x Cole Miller
Phil Davis x Wagner Caldeirão
Mike Swick x DaMarques Johnson
Josh Grispi x Rani Yahya
Oli Thompson x Phil De Fries
Manny Gamburyan x Michihiro Omigawa
Ulysses Gomez x John Moraga



 

Nenhum comentário: