Sonnen volta a chamar Wand de 'inválido' e diz que Belfort é mentiroso

Americano faz as provocações ao comentar as constantes lesões que vêm ocorrendo no UFC. Vitor se machucou e não participou do UFC 147, em BH.

 

 

 

É difícil ter uma entrevista de Chael Sonnen sem que dela saia pelo menos uma provocação a algum lutador brasileiro. Nesta segunda-feira, o americano comentou sobre as seguidas lesões que vêm tirando atletas importantes dos cards do UFC. Primeiro, Sonnen fez uma crítica geral e depois se vangloriou de, segundo ele, jamais ter desfalcado um evento em que concordou em participar.
- Não entendo. Eu luto desde que eu tinha nove anos. Nunca perdi uma competição devido a doença ou lesão. Você diz que vai fazer alguma coisa e a competição está marcada. É isso. Você aparece. Meu pai era um encanador. Isso é trabalho duro. Ele nunca perdeu um dia de trabalho. Nunca vou desrespeitá-lo ao não me apresentar para uma competição atlética que dura no máximo 25 minutos. Não deve haver multa se você tiver que sair de uma luta. Se você não aparecer (para lutar), tem que contar uma derrota no seu cartel - disse Sonnen a um grupo de jornalistas e reportado pelo site "MMAFighting".
Após a explanação sobre o assunto, Chael Sonnen deu um exemplo de lutador para criticar. E então usou o UFC 147 para criticar Vitor Belfort. O carioca faria o evento principal em Belo Horizonte contra Wanderlei Silva, mas teve deixar o card por conta de uma fratura na mão esquerda.
- Vitor Belfort desiste mais de lutas do que as aceita. Ele é fantástico (como lutador), mas ele é um amarelão e um mentiroso. Dizer que você vai lutar, vender bilhetes, assinar o seu nome, filmar o programa de TV, e então se retirar? Contra um inválido? Isso é insano. É chocante, eles são capazes de dizer isso com uma cara séria. Minha opinião sobre Wanderlei está em constante evolução, porque ele aparece e luta. Ele vai de forma dura e, apesar da falta de talento, dá aos fãs o seu melhor - comentou.

 

Nenhum comentário: