Treinador diz que Chael pode cumprir promessa e se aposentar do UFC

Neil Melanson acredita que lutador perdeu a motivação com segunda derrota para o brasileiro e sugere futuro como comentarista de televisão.

 

Anderson Silva pode ter sido o último adversário de Chael Sonnen no UFC. Esta é a opinião de Neil Melanson, um dos treinadores do americano, que no último sábado perdeu pela segunda vez para o brasileiro, desta vez no UFC 148, em Las Vegas.
Melanson fez a declaração durante uma entrevista após o evento. O treinador acredita que Sonnen perdeu a motivação com as duas derrotas para o Spider.

- Eu não sei quais são os planos do Chael, mas tenho certeza que ele lutou como pode. Talvez eu esteja errado, mas acredito que ele falou sério quando disse que se perdesse para o Anderson Silva, largaria o UFC em definitivo. Creio que há boas chances de isto realmente acontecer. Sonnen é um grande lutador e um atleta incrível, mas acredito que ele chegou no limite. Penso que ele deve estar pensando que se não conseguiu bater o Anderson, então não vale a pena. Espero estar errado - disse o treinador, ao site "Bloody Elbow".



Para Neil Melanson, Sonnen teria futuro trabalhando com televisão. Segundo ele, o lutador já demonstrou que pode se destacar na nova empreitada.
- Acredito que o Sonnen pode se dar bem como comentarista. Ele fala bem, é muito inteligente e adora dar entrevistas. Não sei se ele vai admitir, mas Chael faria isso muito bem e tem muita paixão por isto - finalizou.
Chael Sonnen, de 35 anos, tem um cartel de 27 vitórias e doze derrotas. No UFC, são seis triunfos em onze combates. O americano perdeu cinco vezes no Ultimate, sendo quatro delas para brasileiros - Anderson Silva, por duas vezes, Demian Maia e Renato Babalu. O único não brasileiro a vencer Chael Sonnen foi Jeremy Horn.

 

Nenhum comentário: