Weidman rebate agentes de Spider: 'Não têm o direito de menosprezar'

Lutador chama de 'loucas' as declarações dos empresários de Anderson Silva e afirma que eles adotaram esta estratégia para desviar o foco.

 

                                                             Chris Weidman

O peso-médio Chris Weidman não digeriu bem as recentes declarações dos empresário de Anderson Silva. Depois de ser chamado de "amador" por Jorge Guimarães, o Joinha, e ver Ed Soares falar que o brasileiro tem mais lutas defendendo o cinturão do que o americano na carreira, o lutador resolveu responder.
Weidman chamou de "loucas" as declarações dos agentes do Spider e afirmou que eles adotaram esta estratégia para desviar o foco de que ele é um dos principais adversários do brasileiro, atualmente.
- É meio louco. Os agentes não têm o direito de menosprezar nenhum atleta profissional. Eles diminuíram não só a mim, mas também o Alan Belcher e o Tim Boetsch, nos chamando de amadores. Nós estamos entre os dez melhores da categoria. Isso é o que faço da minha vida. Aí vem um empresário do Brasil e me chama de amador e fala que sou uma piada. É definitivamente um pouco insano. Não gostaria que meu agente falasse algo assim de outros lutadores - disse Weidman, ao site "MMA Weekly".
Weidman criticou os empresários do brasileiro, que insistem em colocar Anderson Silva com adversários de outras categorias, como Nick Diaz e Georges St-Pierre.
- É como se eles estivessem tentando evitar que meu nome seja mencionado para a disputa do cinturão. Ficam o tempo todo desviando o foco, com lutadores como St-Pierre e Nick Diaz, mas ambos são meio-médios. O Georges vem de cirurgia e só lutará em novembro, contra Carlos Condit, pelo cinturão. Outra luta dele só seria possível em maio, na melhor das hipóteses. Nick Diaz só pode lutar em fevereiro. Isso é loucura. Eu venci dois dos cinco melhores da categoria. Não há nada que eles possam falar de mim - desabafou o lutador.
Chris Weidman continuou as críticas em relação aos agentes de Anderson e ironizou sobre os pedidos dos mesmos.
- O cara é campeão dos médios e deveria lutar com os adversários de sua categoria. Eles querem lutadores mais leves do que o Anderson. Por que não chamar o Jon Jones então, já que é para pegar outra faixa de peso? Muita gente adoraria assistir a esta luta, assim como eu também gostaria. Se não vai lutar contra ele, lute comigo. Estou pronto para isso - finalizou.

 

Nenhum comentário: