CEO do UFC aprova Anderson x GSP: 'Estamos muito abertos à ideia'

Lorenzo Fertitta diz que luta pode acontecer se canadense bater Condit.

 

                            GSP e Anderson Silva são os mais antigos campeões do UFC

Um esperado duelo entre os dois campeões do UFC que detêm o título há mais tempo está bem próximo de acontecer. Anderson Silva deve encarar Georges St-Pierre em 2013. Para isso, o canadense precisa vencer o dono do título interino, Carlos Condit, na unificação dos cinturões do peso-meio-médio. É o que garante o CEO do UFC, Lorenzo Fertitta.
- Estamos muito abertos à idéia de Anderson x Georges St-Pierre. Se GSP bater Condit, é uma luta que eu gostaria de fazer - comentou Lorenzo, em um entrevista por mensagem de texto ao jornal americano "Los Angeles Times".
Questionado mais uma vez a respeito sobre esse possível duelo, Ed Soares, um dos empresários de Anderson Silva, reforçou a vontade de realizar o confronto.
- GSP é a maior luta possível, a número um que queremos - disse o agente durante o treino aberto do UFC: Shogun Vera, nesta quarta-feira.
Mas e se a oferta fosse para encarar o campeão da categoria de cima, Jon Jones, do peso-meio-pesado? Neste caso Ed Soares não acha interessanta a luta para o do título dos médios.
- Por quê? - questionou o agente.
- Dinheiro - respondeu um repórter.
- Há muito dinheiro lá fora. Mas o cara (Jones) quer a luta. Em algum momento, talvez, mas agora não é uma luta que interessa a Anderson - finalizou Ed Soares.
Georges St-Pierre não luta desde 29 de abril de 2011, quando derrotou Jake Shields no UFC 129 em sua sexta defesa consecutiva do cinturão dos meio-médios. Em outubro, ele deveria enfrentar Carlos Condit pelo UFC 137, mas uma lesão no joelho esquerdo o tirou do evento. Mais tarde, GSP foi escalado para encarar Nick Diaz no UFC 143, mas sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito e precisou passar por cirurgia. O canadense tem seu retorno aos octógonos marcado para o dia 17 de novembro, no UFC 154, em Montreal (CAN).


 

Nenhum comentário: