Chael Sonnen muda alvo e bate boca com Jon Jones em rede social

Campeão meio-pesado rebate declarações do último desafiante dos médios.

 

                            Chael Sonnen (esq.) agora é da categoria de Jon Jones (dir.)


Ao que tudo indica, o peso-médio definitivamente faz parte do passado para Chael Sonnen. Depois de provocar inúmeras vezes Anderson Silva, lutar contra o brasileiro e ser derrotado, o americano anunciou na noite desta terça-feira que vai se mudar para o peso-meio-pesado e lutar diante de Forrest Griffin no fim do ano. Entretanto, o campeão da categoria é Jon Jones, e parece que Sonnen já iniciou os trabalhos para chamar a atenção da jovem estrela do Ultimate.
Jon Jones não gostou de uma entrevista em que Chael Sonnen chamou o campeão meio-pesado de "bundão". Jones decidiu responder e atacou Sonnen via Twitter na tarde desta quarta-feira.
- As coisas que você diz sobre mim absolutamente não têm peso algum. Você desrespeitou Anderson e seu país, mas lutou como uma criança. Se você vai me desrespeitar, pelo menos me desrespeite cara a cara, como um homem. Você me chamou de bundão, eu sou mais homem do que você - escreveu Jones.
A partir daí, começou a troca de mensagens entre ambos. Sonnen respondeu com uma provocação:
- Oh, eu planejo isso também. Quanto tempo seus pais demoraram para escolher seu nome, JON JONES? Criativo.
- Cara, não vale perder tempo com você. Ganhe a chance de disputar o título ao invés de falar e vou ficar feliz em te machucar - retrucou Jones.
- Da próxima vez que vier a Oregon, bata na minha porta. Não dirija - emendou Sonnen, se referindo ao episódio em que Jones foi preso por dirigir bêbado.
- Você é um idiota se acha que eu não ouvi todas essas piadas no livro. Eu aplaudo os originais - encerrou Jones.
Esta não foi a primeira vez que Chael Sonnen virou sua mira para Jon Jones. No fim do ano passado, quando não havia muita perspectiva de que ele iria lutar contra Anderson Silva em pouco tempo, Sonnen disse que queria enfrentar qualquer outro campeão próximo à categoria dele: Jon Jones, Junior Cigano ou Georges St-Pierre. Na época, Jones respondeu dizendo que o então peso-médio sabia onde poderia encontrá-lo.

Agente de Jones ataca Chael: 'Melhor com a boca do que com os punhos'

A discussão entre Jon Jones e Chael Sonnen ainda promete muito pano para manga. Após subir para a categoria dos meio-pesados (até 93kg), o ex-peso-médio (até 83,9kg) iniciou sua já tradicional estratégia de provocações para conseguir uma luta pelo título, desta vez contra Jon Jones. Chamou-o de "bundão" e disse que tomaria seu cinturão como se estivesse tirando um doce de uma criança. Jones retrucou e chamou Sonnen de idiota, dizendo que não valia a pena perder tempo com ele e que ficaria feliz em machucá-lo caso o rival chegue à disputa de título.
O empresário de Jon Jones, Malki Kawa, entrou no meio da polêmica e afirmou que seu cliente jamais vai recusar uma luta, mas que Sonnen tem de mostrar trabalho antes de começar a desafiar o atual campeão.
- Neste momento temos Dan Henderson pela frente, um lutador que mereceu a chance de competir pelo cinturão e encarar o melhor peso-por-peso do mundo. Chael deveria se ater ao seu trabalho. Ele parece ser melhor com a boca do que é com os punhos. Jones vai enfrentar qualquer um que o UFC coloque na frente, mas Chael precisa focar em vencer algumas lutas de 93kg antes de começar a desafiar o campeão.
No Twitter, Jones recebeu algumas mensagens de preocupação de seus fãs e garantiu que eles podem ficar tranquilos quanto à sua postura:
- Para todos aqueles que pensam que estou caindo no jogo do Chael, eu sei exatamente o que estou fazendo. Vocês não estão entretidos?
Antes de pensarem um no outro, Jones e Sonnen têm desafios pela frente. O primeiro vai tentar defender o cinturão dos meio-pesados pela quarta vez diante de Dan Henderson no UFC 151, no primeiro dia de setembro, enquanto o segundo encara Forrest Griffin no UFC 155, em 29 de dezembro, em seu retorno à essa categoria após duas derrotas para Anderson Silva em disputas de título dos médios.

 


 

Nenhum comentário: