Chael Sonnen volta a cutucar Jon Jones em folheto de sua pizzaria

Pizza Especial Jon Jones' tem muito frango, e propaganda avisa: 'Peça esta oferta antes que o frango corra e tenhamos que cancelar'.

 


 



A criatividade de Chael Sonnen para provocar seus desafetos não conhece limites. Após inúmeras provocações nos últimos dias, o falastrão se aproveitou da polêmica recusa de Jon Jones em enfrentá-lo no UFC 151 para criar uma promoção especial em sua pizzaria em West Linn, EUA.

Um folheto da Mean Street Pizza, restaurante de Sonnen em sua cidade natal, saiu repleto de cutucadas ao atual campeão dos pesos-meio-pesados. O restaurante oferece a "Pizza Especial Jon Jones", que viria recheada de "frango" (que, na gíria americana, se equivale a "covarde") e cheia de "queijo" (que, também na gíria dos EUA, é sinônimo de "dinheiro"). O aviso de entrega em domicílio tem uma legenda: "evite dirigir embriagado", numa referência à prisão de Jones em maio - a promoção também oferece uma caixa de seis cervejas. No final do folheto, uma advertência para o cliente pedir a oferta "agora, antes que nosso frango corra e tenhamos de cancelar", numa piada com o cancelamento do UFC 151.
A brincadeira, descoberta pelo site americano "TMZ", é só mais uma das inúmeras provocações de Sonnen a Jones. Os dois já vinham trocando farpas pela imprensa e pelo Twitter nas últimas semanas, mas o ex-peso-médio ganhou ainda mais motivo para falar após ser recusado pelo campeão como adversário no próximo sábado, em substituição ao lesionado Dan Henderson, em sua quarta defesa de cinturão. Jones alegou ter pouco tempo para se adaptar ao novo desafio, e a organização, sem um evento principal capaz de vender muitos pacotes de pay per view, optou por cancelar o UFC 151.
Desde então, Sonnen vem atacando Jones ainda mais, sempre com muita ironia. Na noite de sexta-feira, ele também inventou um "comunicado oficial" do campeão cedendo o cinturão da categoria para o falastrão. Jones, todavia, defende seu título no UFC 152, em 22 de setembro, contra o brasileiro Vitor Belfort.

Nenhum comentário: