Wanderlei Silva quer lutar na China: 'Minha vontade é muito grande'

Ídolo no Japão desde os tempos do extinto Pride, lutador ressalta também o carinho do povo brasileiro. Adversário deve ser o canadense Patrick Côté.

 


 


Wanderlei Silva admitiu em entrevista recente ao SPORTV.COM que está sendo cogitada a luta entre ele e o canadense Patrick Côté para o UFC China, em 10 de novembro. Ex-campeão do Pride, extinto evento japonês, o brasileiro conquistou uma legião de fãs na Ásia e, por isso, tem o desejo de atuar novamente por lá. O evento na cidade de Macau será o primeiro do UFC na China.
- Minha vontade é muito grande. Tenho também o sonho de voltar a me apresentar no Japão. Ainda não tem nada decidido, são apenas especulações - disse Wanderlei.
Apesar de muito assediado na época do Japão, o "Cachorro Louco" ficou impressionado com o carinho que recebeu do público no UFC 147, em Belo Horizonte, realizado no dia 23 de junho. Na ocasião, ele fez a luta principal do evento e foi derrotado pelo americano Rich Franklin.
- Cada povo tem sua forma de demonstrar carinho, mas igual o povo brasileiro é difícil de ver.
Aos 36 anos, Wanderlei ainda não pensa na aposentadoria, uma vez que diz estar se sentindo bem consigo mesmo, e não quer fazer previsão de quantas lutas mais ainda fará na carreira. Se confirmado no UFC China, ele será o segundo brasileiro no card. O primeiro nome certo foi Paulo Thiago, que enfrenta o sul-coreano Dong Hyun Kim, conforme antecipou o SPORTV.COM.

 

Nenhum comentário: