Agente explica recusa de Lyoto para luta contra Jones: 'Quer estar 100%'

Ed Soares diz que brasileiro precisa estar bem preparado, já que nova derrota para o mesmo lutador pode colocar em risco a própria carreira.

 

 

            Lyoto Machida venceu Ryan Bader e ganhou chance de disputar cinturão



A lesão de Dan Henderson, e a resposta negativa de Jon Jones para que ele enfrentasse Chael Sonnen causou o cancelamento de todo o UFC 151, que era para ter sido realizado no último sábado. A partir de então, o Ultimate passou a buscar um novo adversário para Jones para o dia 22 de setembro, no UFC 152, em Toronto (CAN). Vitor Belfort foi o escolhido, depois que Mauricio Shogun e Lyoto Machida recusaram.

Um dos empresários de Lyoto Machida, Ed Soares explicou o porquê de o baiano radicado em Belém ter dito "não" para o UFC. Segundo o agente, o pouco tempo de preparação poderia levar a uma nova derrota em uma disputa de título para Lyoto. Isso colocaria a sua carreira nos meio-pesados em risco.
- Todo cara que perdeu para um campeão duas vezes basicamente tem de se reinventar e provavelmente mudar de categoria. Para o UFC, potencialmente, é apenas outro evento. É apenas UFC 151 ou 152 ou o que seja, mas para o Lyoto é a o maior desafio de sua vida. Sei que no coração de Lyoto e em sua mente, ele acredita que ainda pode ser o campeão dos meio-pesados. Então, se vai aproveitar esta oportunidade, ele quer estar 100%. Porque se ele perder, não é apenas como perdendo outra luta. Ele realmente terá de se reinventar e descobrir o que vai fazer - disse o agente à rádio do site "MMAWeekly".


UFC 152

22 de setembro de 2012, em Toronto, Canadá
 
CARD PRINCIPAL
Jon Jones x Vitor Belfort
Joseph Benavidez x Demetrious Johnson
Michael Bisping x Brian Stann
Matt Hamill x Vladimir Matyushenko
Cub Swanson x Charles do Bronx
 
CARD PRELIMINAR
Igor Pokrajac x Vinny Magalhães
T.J. Grant x Evan Dunham
Sean Pierson x Lance Benoist
Jimy Hettes x Marcus Brimage
Seth Baczynski x Simeon Thoresen
Mitch Gagnon x Walel Watson
Kyle Noke x Charlie Brenneman

 

Nenhum comentário: