Dana não se desespera com o UFC Rio III: 'Tenho tempo para consertar'

Presidente do Ultimate lamenta lesões de José Aldo e Rampage Jackson, mas diz: 'É difícil, é parte do negócio. É o que é, e temos que lidar com isso'.

 

 

                                                      Dana: sem desespero


As lesões de José Aldo e Rampage Jackson, que mexeram no evento e coevento principais do UFC Rio III, em 13 de outubro, não vão tirar o sono de Dana White. "Cascudo" com esse tipo de acontecimento após ter cancelado recentemente o UFC 151 inteiro, o presidente do Ultimate desta vez terá mais tempo para achar soluções para o card em solo brasileiro. Ele lamentou a terça-feira macabra para a organização, mas não se desesperou:
- José Aldo foi acertado por um carro, ferrou o pé e está fora. Rampage Jackson machucou o cotovelo e está fora. O evento e o coevento principais (cancelados) no mesmo dia, com menos de uma hora de diferença entre eles. Eu não sei. Eu tenho que consertar isso. Tenho tempo para consertar agora e vamos pensar em alguma solução - disse ao site americano "Yahoo Sports".
Dana se mostrou chateado principalmente por Frankie Edgar, que aceitou enfrentar José Aldo, mesmo com o tempo reduzido de preparação, após a lesão de Erik Koch:
- Frankie Edgar está arrasado neste momento, cara. Ele veio de uma derrota controversa na última luta, conseguiu outra disputa de cinturão, investe dinheiro em outro camp, e Aldo se machuca. Esse garoto não tem uma trégua também. Todo mundo estava doido para ver Frankie x Aldo e Glover x Rampage. É difícil, é parte do negócio. É o que é, e temos que lidar com isso.

 

Nenhum comentário: