UFC 153 despedaçado: veja algumas soluções viáveis para o card do Brasil

Lesões de José Aldo e Rampage Jackson deixaram evento sem as duas lutas principais da noite. Anderson Silva aparece como principal solução.

 

Em menos de duas horas, o card do UFC Rio III ficou despedaçado. As lesões que tiraram José Aldo e Rampage Jackson das duas lutas principais do evento do dia 13 de outubro viraram um desafio para Dana White e Joe Silva (casador de lutas do Ultimate). Eles precisam encontrar duelos capazes de segurar o nível do torneio e não repetir o fiasco do UFC 151, cancelado por falta de uma luta capaz de substituir Jon Jones x Dan Henderson após a lesão do segundo. O sportv.com analisou algumas das possíveis soluções.
Anderson Silva na luta principal
A possibilidade que parece mais forte é a inclusão de Anderson Silva no card. O campeão peso-médio do Ultimate, neste caso, enfrentaria qualquer lutador da categoria meio-pesado que não fosse Jon Jones, como ele mesmo propôs recentemente para tentar salvar o UFC 151 do cancelamento. Na ocasião, após a lesão de Dan Henderson e a recusa de Jones em enfrentar Chael Sonnen, o brasileiro se ofereceu faltando apenas oito dias para o evento, mas já não havia mais tempo, e Dana White acabou anunciando mesmo o cancelamento.

  

Anderson Silva atuou no primeiro UFC Rio em agosto de 2011, quando venceu Yushin Okami


Agora, parece ainda mais oportuna a presença de Anderson. Primeiro porque o UFC 153 será no Brasil. E segundo porque ainda falta um mês para o evento, marcado para o dia 13 de outubro. Um lutador que aparece com chance de pegar o Spider é o meio-pesado Rashad Evans, que já manifestou várias vezes o desejo de enfrentá-lo. Além disso, Rashad vem treinando com Vitor Belfort, que conhece muito bem e já encarou Anderson e poderia ajudar o americano na preparação para uma potencial luta.


                                          Vitor Belfort enfrenta Jon Jones no Canadá


Jon Jones x Vitor Belfort

Outra solução viável, porém complicada, é a transferência do duelo entre o campeão dos meio-pesados Jon Jones e Vitor Belfort, escalado para o UFC 152, dia 22 de setembro, para o evento carioca. A mudança faria sentido uma vez que o show de Toronto também tem a disputa de cinturão entre os pesos-moscas Joseph Benavidez e Demetrious Johnson. Entretanto, a proximidade da data da luta complica.



                                 Chael Sonnen ainda não fez sua estreia nos meio-pesados


Sonnen e Mendes como substitutos

Que brasileiro não gostaria de vaiar o falastrão Chael Sonnen? Muitos fãs do país já têm bombardeado Dana White nas redes sociais, pedindo para o chefão colocar o americano, que ainda não estreou entre os meio-pesados, para substituir Quinton ''Rampage'' Jackson no coevento principal, diante do brasileiro Glover Teixiera. Ex-desafiante dos penas, o californiano Chad Mendes é um nome cotado para substituir José Aldo diante de Frankie Edgar. O duelo poderia valer um cinturão interino, já que esta é a segunda vez que Aldo se machuca em 2012.


                                       Após derrota em jinho, Wand está sem luta marcada


Wanderlei ou Minotauro

Para ganhar a atenção dos fãs, uma medida infalível seria incluir no card um ou mais atletas brasileiros já consagrados. Os primeiros nomes que surgem na lista de possibilidades são os de Wanderlei Silva e Rodrigo Minotauro. Os dois estão sem luta marcada e têm potencial de venda suficiente para atrair o público e salvar o UFC 153. Minotauro, por sinal, havia se oferecido para lutar no Rio, mas não obteve a resposta que desejava e acabou ficando fora. Com essa onda de lesões no Ultimate, o card carioca ganharia muito se tanto Wand quanto Minotauro fossem chamados, em vez de um só.
Além de Rampage Jackson e José Aldo, o UFC 153 já teve uma outra baixa por lesão. Erik Koch teve de ser substituído por Frankie Edgar porque se machucou. A terceira edição carioca do Ultimate também perdeu Vitor Belfort x Alan Belcher, já que o brasileiro ganhou a oportunidade de disputar o cinturão meio-pesado contra Jon Jones, no próximo dia 22 de setembro, no UFC 152.
 
UFC 153

13 de outubro de 2012, no Rio de Janeiro
 
CARD PRINCIPAL*

Frankie Edgar x adversário a ser divulgado
Glover Teixeira x adversário a ser divulgado
Jon Fitch x Erick Silva
Wagner Caldeirão x Phil Davis
Demian Maia x Rick Story
 
CARD PRELIMINAR*

Rony Jason x Sam Sicilia
Gabriel Napão x Gerônimo Mondragon
Gleison Tibau x Francisco Massaranduba
Diego Brandão x Joey Gambino
Serginho Moraes x Renée Forte
Luiz "Banha" Cane x Chris Camozzi
Cristiano Marcello x Reza Madadi












Nenhum comentário: